Problemas de saúde podem afetar o apetite sexual das mulheres, diz estudo

Por Patricia Machado em 14/07/2016

A maioria das mulheres enfrenta dias em que não está no clima para ter uma relação sexual com o seu parceiro. Quando isso acontece, ao invés de achar que a relação esfriou, experimente analisar o seu estado de saúde. Uma pesquisa realizada pelo departamento de medicina da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, constatou que o estado de saúde das mulheres pode afetar o seu apetite sexual.

+ Por que as mulheres sentem vontade de fazer xixi durante o sexo?

+ Universidade irlandesa lança curso de graduação sobre sexo e sexualidade

O grupo de cientistas contou com a ajuda de 376 mulheres que já haviam vivenciado a menopausa para analisar os hábitos sexuais e índices de saúde. O objetivo do estudo era descobrir como síndromes metabólicas são capazes de afetar o desempenho sexual.

O resultado da pesquisa constatou que mulheres que sofrem de diabetes, obesidade e pressão alta têm menos libido, desejo sexual e satisfação sexual, além de transarem menos do que as mulheres que não têm esses tipos de problemas.

“A prevenção de síndromes metabólicas e doenças crônicas afeta a saúde das mulheres e impacta diretamente na rotina e satisfação sexual”, explicou Susan Trompeter, uma das autoras da pesquisa, ao Daily Mail.

Foto: Thinkstock