Mulheres ignoram o uso de preservativos quando bebem, aponta estudo

Por Patricia Machado em 16/08/2016

Uma pesquisa divulgada recentemente no periódico médico Journal of Behavioral Medicine levantou um dado que assustou a equipe de cientistas envolvida no projeto. De acordo com o estudo, as mulheres aceitam fazer sexo sem preservativos caso a relação sexual aconteça depois delas terem consumido uma determinada quantidade de bebidas alcoólicas.

+ Ressecamento vaginal pode afetar a vida sexual das mulheres, segundo especialista

+ Jovens estão enfrentando problemas sexuais na hora H, diz pesquisa

Os cientistas observaram os hábitos sexuais e o comportamento alcoólico de 237 mulheres jovens. Por mais chocante que isso possa parecer, 66,9% das voluntárias revelaram que fazem sexo sem preservativos — como a camisinha — caso tenham ingerido bebida alcoólica antes do encontro sexual.

A partir disso, os pesquisadores concluíram que o consumo de álcool é capaz de fazer com que as mulheres aceitem correr o risco de contrair doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) para terem uma noite de amor.

De acordo com os dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças, nos Estados Unidos, existem 20 milhões de novos casos de doenças sexualmente transmissíveis todos os anos e as mulheres com idades entre 15 e 24 anos são as que mais contraem esse tipo de patologia.

Foto: Thinkstock