Homens e mulheres mais baixos têm menos parceiros sexuais, diz estudo

Por em 06/05/2016

Será que o seu tamanho ou peso podem influenciar na sua atividade sexual? Cientistas dos Estados Unidos revelaram tais características de uma pessoa podem sim ter relação direta com a quantidade de parceiros sexuais — e alguns dados podem ser reveladores.

+ Homens bonitos são mais férteis, diz estudo

Em um estudo feito com 60.058 homens e mulheres heterossexuais, os pesquisadores da Chapman University, na Califórnia, descobriram que homens e mulheres mais baixos têm menos parceiros sexuais do que os de estatura média e peso médio, enquanto os homens de estatura média ou extremamente altos, tinham de um a três parceiros a mais do que os mais baixos e de pouco peso.

Para David Frederick, professor assistente de psicologia na universidade, as descobertas confirmam que a altura é um fator relevante no, digamos, “mercado de acasalamento”. “A pesquisa mostrou repetidamente que as mulheres preferem homens que são mais altos do que elas. É possível que, para a maioria delas exista um certo limite mínimo de altura, para que um homem seja considerado como um potencial parceiro sexual, e, portanto, os homens acima desse nível vão acabar com um número semelhante de parceiras sexuais”, disse ele.

+ É comum ter fantasias sexuais estranhas, revela pesquisa

O estudo descobriu que aqueles com idade entre 30 e 44, possuem uma média de oito parceiros sexuais desde que se tornaram sexualmente ativos. Um total de 58% dos homens e 56% das mulheres relataram ter mais de cinco parceiros sexuais, enquanto 29% dos homens e 56% das mulheres relataram mais de 14 parceiros sexuais.

Homens e mulheres abaixo do peso tiveram menos parceiros sexuais do que a média, enquanto os homens que estavam tecnicamente com sobrepeso tiveram mais parceiros sexuais, segundo o estudo.