Viajar torna as pessoas mais receptivas e confiantes, segundo pesquisa

Por em 04/05/2016

Se a gente pudesse mudar a canção, ela diria: Quem não gosta de viajar, bom sujeito não é! Porque é praticamente impossível não gostar de sair um pouco da rotina, conhecer novos lugares e diferentes culturas. Aliás, você já parou pra pensar no efeito que uma simples viagem pode ter na sua vida?

+ Dicas para viajar sem gastar muito

 

De acordo com uma pesquisa realizada pela Momondo, companhia especializada em busca de passagens aéreas e reservas de hotéis, viajar torna as pessoas mais receptivas e confiantes. Se você viaja com frequência, tende a se tornar mais aberto às diferentes culturas e ter mais confiança em outras pessoas.

O levantamento global ainda revela que para 76% das pessoas entrevistadas as viagens trouxeram uma visão mais otimista sobre as diferenças e diversidades. A mesma porcentagem acredita que passou a olhar de maneira mais favorável para outras culturas. Já 75% afirmaram que a forma como vêem os indivíduos dos lugares que visitaram se tornou mais positiva.

Entretanto, na avaliação de 48% dos entrevistados, hoje em dia as pessoas são menos tolerantes com as diferenças do que há cinco anos. Mas 61% acreditam que se as pessoas viajassem mais, haveria menos intolerância.

O estudo intitulado O Valor das Viagens entrevistou mais de 7,2 mil pessoas de 18 países, entre eles Brasil, Austrália, China, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Itália, México, Noruega, Portugal, Rússia, África do Sul, Espanha, Suécia, Turquia, Reino Unido e Estados Unidos.

+ Brasileiros preferem investir em viagens do que em bens materiais

“São muitos os fatores que afetam quão receptivos nós somos e o quanto estamos dispostos a confiar em outras pessoas. Viajar é a forma mais efetiva de abrir a mente e enxergar o mundo de outra maneira. Esse estudo reforça a ideia de que mais do que viver bons momentos, viajar afeta positivamente a maneira como as pessoas se relacionam, contribuindo para derrubar barreiras entre culturas”, explica Pedro Correia, responsável pela operação da Momondo no Brasil.

Brasileiros amam fazer novas amizades nas viagens

A receptividade brasileira é famosa em todo o mundo e foi comprovada estatisticamente na pesquisa. A maioria dos brasileiros, 82%, já fez novos amigos durante as viagens — índice maior se comparado à média global, de 67%. Quando questionados se já viajaram com o objetivo principal de conhecer pessoas de outras culturas, 50% dos brasileiros responderam que sim — na média global, esse número foi de 30%.

Ao mesmo tempo em que são bastante abertos a outras culturas, os viajantes brasileiros mantém fortes raízes com os próprios costumes. Prova disso é que, dos entrevistados, 88% se enxergam como cidadãos do mundo, porém, 87%  também se veem como parte de sua comunidade local.