Vacina contra vício em cocaína é desenvolvida no Brasil

Por Patricia Machado em 06/09/2016

A dependência química é um problema mundial que intriga os cientistas, que desejam encontrar maneiras de ajudar os usuários de drogas. Recentemente, pesquisadores brasileiros anunciaram que estão desenvolvendo uma vacina que pretende acabar com a dependência de cocaína.

+ Nova droga traz esperanças para quem sofre de Alzheimer

+ Empresa brasileira quer produzir remédio à base de maconha

O projeto vem sendo realizado há dois anos e está na fase de testes em animais. Para que a vacina pudesse ser desenvolvida, o professor Angelo de Fátima, do departamento de Química Orgânica da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e um dos responsáveis pela pesquisa, criou uma molécula que estimula a produção de anticorpos contra a cocaína no sistema imunológico.

Dessa maneira, os anticorpos seriam capazes de capturar a cocaína antes dela chegar no cérebro humano. Isso faria com que os efeitos de euforia da droga fossem reduzidos, fazendo com que o usuário perca o interesse na substância ilegal.

Como o nome da molécula utilizada para a produção da vacina ainda não foi patenteada, os pesquisadores brasileiros preferem não revelar qual foi a substância criada por eles.

De acordo com dados do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), o consumo de cocaína no Brasil é quatro vezes maior do que a média mundial.

Foto: Getty Images