Saúde e Bem-Estar

Uma hora de sono após o almoço pode rejuvenescer o cérebro, diz pesquisa

Uma hora de sono após o almoço pode rejuvenescer o cérebro, diz pesquisa

É quase impossível não sentir aquele sono arrebatador logo após o almoço, não é mesmo? Para não atrapalhar a produtividade, muitos tomam uma boa dose de café ou até conversam com os seus colegas para se manterem acordados durante essas horas. Mas, um novo estudo realizado na China revelou que o segredo para melhorar o rendimento durante a tarde pode estar justamente em tirar uma soneca depois da refeição.

+ Descubra os benefícios do cochilo

+ Sintomas que podem indicar problemas na tireoide

Os pesquisadores descobriram que dormir após o almoço pode rejuvenescer o cérebro, fazendo com que ele fique até cinco anos mais jovem. Para obter esses resultados, o cochilo deve ser de uma hora. Isso significa que os resultados serão comprometidos caso a pessoa durma menos ou mais do que 60 minutos.

O estudo envolveu cerca de três mil chineses maiores de 65 anos. Dos participantes, 60% relataram dormir entre 30 e 90 minutos após o almoço. Eles tiveram que solucionar problemas de matemática e testes de memória para avaliar a sua capacidade cognitiva. Os resultados revelaram que pessoas que tiravam um cochilo de 60 minutos após o almoço se saíram melhor nos testes, em comparação com os que não dormiam.

Na verdade, aqueles que não dormiam obtiveram resultados semelhantes aos que dormiam menos ou mais do que uma hora. Todos eles apresentaram uma redução em suas habilidades cognitivas quando comprados com as pessoas que cochilavam por 60 minutos. “O declínio detectado em suas habilidades mentais corresponde ao que um aumento de cinco anos na idade seria capaz de causar”, contou Junxin Li, autor do estudo, ao Daily Mail.

Os resultados encontrados pela pesquisa foram publicados no periódico Journal of the American Geriatrics Society.

Foto: Getty Images

Mais em Saúde e Bem-Estar

Friends in the cafe

Álcool compromete o cérebro mesmo sem causar embriaguez, diz pesquisa

Mariana Castro20/04/2017
Girl looking in the mirror

Cinco sinais de que sua pele está envelhecendo rápido

Patricia Machado19/04/2017
Businessman sleeping on the couch

Sonecas deixam as pessoas mais felizes, garante pesquisa

Mariana Castro18/04/2017
Pampering cream

Quatro hábitos que podem prejudicar a pele no inverno

Patricia Machado18/04/2017
Teen woman with headache holding her hand to head

Enxaqueca influencia no desenvolvimento de transtorno de ansiedade, conclui pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Woman doing yoga exercise

Meditar regularmente pode ajudar a reduzir o estresse, diz estudo

Mariana Castro17/04/2017
Portrait of a beautiful little girl with strawberry

Consumir frutas pode reduzir o risco de diabetes, aponta pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Sad little girl

Problema auditivo pode prejudicar o aprendizado das crianças na escola

Mariana Castro11/04/2017
mother teaching daughter to cut vegetables

Mitos e verdades da dieta vegana

Mariana Castro10/04/2017
assadura em bebes - istock

Dicas para tratar assaduras em bebês

Mariana Castro10/04/2017
Mother and daughter

Filhos de mães mais velhas têm menos problemas comportamentais, diz estudo

Mariana Castro07/04/2017
woman tired of diet restrictions craving sweets chocolate

Psicólogos desenvolvem técnica para controlar compulsão por chocolate

Mariana Castro06/04/2017
boy and headphones

Jogar videogame pode ajudar no combate à depressão, afirma pesquisa

Mariana Castro05/04/2017
Woman Suffering From Stomach Ache

Itália planeja oferecer licença remunerada para quem sofrem com cólicas menstruais

Mariana Castro03/04/2017
Prescription Drug

Tomar anti-inflamatórios aumenta o risco de infarto, diz pesquisa

Mariana Castro31/03/2017