Rotina de exercícios é capaz de prevenir a depressão, diz pesquisa

Por Patricia Machado em 09/10/2017

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 300 milhões de pessoas vivem com depressão. O transtorno afeta cerca de 6% dos brasileiros. Analisando esse problema comum, cientistas do Black Dog Institute, grupo sem fins lucrativos com sede na Austrália, descobriram que fazer apenas uma hora de exercício físico por semana pode ajudar a prevenir a depressão.

+ Depressão na terceira idade: sintomas e tratamento

+ Ansiedade: entenda o transtorno, sintomas e tratamentos

Os resultados foram publicados no periódico científico American Journal of Psychiatry. Durante a fase de testes, os pesquisadores examinaram os dados de 34 mil adultos noruegueses que não apresentavam sintomas de ansiedade e depressão durante onze anos.

Após esse período, os voluntários sedentários eram 44% mais propensos a ter depressão, quando comparados com aqueles que faziam pelo menos uma hora de atividade física por semana, independentemente da intensidade. Com isso, os pesquisadores concluíram que os exercícios são capazes de prevenir a depressão.

“Sabemos há algum tempo que o exercício desempenha um papel no tratamento de sintomas de depressão, mas esta é a primeira vez que podemos quantificar o potencial preventivo da atividade física em termos de redução de futuros casos de depressão”, afirmou Samuel Harvey, líder do estudo.

Foto: Getty Images