Saúde e Bem-Estar

Solidão aumenta o risco de reincidência do câncer de mama, aponta estudo

Solidão aumenta o risco de reincidência do câncer de mama, aponta estudo

Se você é uma pessoa de poucos amigos, vai querer rever isso. Além de tantos outros benefícios, ser sociável parece reduzir os riscos de reincidência do câncer de mama em mulheres que já tiveram a doença. Os novos estudos revelaram que as chances de morte com o retorno da doença são 60% maiores em mulheres solitárias.

+ Dor nas mamas: quando é normal e quando é preciso investigar

+ Dormir pouco aumenta o risco de câncer de mama, revela estudo

Pesquisas anteriores já haviam identificado uma relação entre baixos níveis de interação social e riscos mais altos de mortalidade em geral. O novo estudo foi realizado pela Divisão de Pesquisa Kaiser Permanente, na Califórnia. Ele concluiu que fatores como ter um marido e boas relações com familiares desempenham um papel importante no bem-estar de um sobrevivente do câncer ao longo prazo.

Os cientistas acompanharam 9.267 mulheres com câncer de mama durante 10 anos após seus diagnósticos. Durante esse período, houve 1.448 casos em que o câncer voltou após terem sido curados e 990 mortes causadas pela doença. O resultado das análises mostrou que mulheres solitárias têm uma chance 40% maior de sofrer com a condição pela segunda vez.

+ Pesquisa revela novidades no tratamento do câncer de mama mais agressivo

“Os laços sociais da mulher, em geral, são benéficos na redução de reincidência do câncer de mama e da mortalidade”, contou Candyce Kroenke, que conduziu a pesquisa, ao The Telegraph. “Apesar disso, eles também apresentam certa complexidade, uma vez que nem todos os laços sociais são benéficos e nem para todas as mulheres”. Algumas das participantes classificadas como solitárias, por exemplo, eram casadas, mas não tinham muitos amigos.

Foto: Getty Images

Mais em Saúde e Bem-Estar

Friends in the cafe

Álcool compromete o cérebro mesmo sem causar embriaguez, diz pesquisa

Mariana Castro20/04/2017
Girl looking in the mirror

Cinco sinais de que sua pele está envelhecendo rápido

Patricia Machado19/04/2017
Businessman sleeping on the couch

Sonecas deixam as pessoas mais felizes, garante pesquisa

Mariana Castro18/04/2017
Pampering cream

Quatro hábitos que podem prejudicar a pele no inverno

Patricia Machado18/04/2017
Teen woman with headache holding her hand to head

Enxaqueca influencia no desenvolvimento de transtorno de ansiedade, conclui pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Woman doing yoga exercise

Meditar regularmente pode ajudar a reduzir o estresse, diz estudo

Mariana Castro17/04/2017
Portrait of a beautiful little girl with strawberry

Consumir frutas pode reduzir o risco de diabetes, aponta pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Sad little girl

Problema auditivo pode prejudicar o aprendizado das crianças na escola

Mariana Castro11/04/2017
mother teaching daughter to cut vegetables

Mitos e verdades da dieta vegana

Mariana Castro10/04/2017
assadura em bebes - istock

Dicas para tratar assaduras em bebês

Mariana Castro10/04/2017
Mother and daughter

Filhos de mães mais velhas têm menos problemas comportamentais, diz estudo

Mariana Castro07/04/2017
woman tired of diet restrictions craving sweets chocolate

Psicólogos desenvolvem técnica para controlar compulsão por chocolate

Mariana Castro06/04/2017
boy and headphones

Jogar videogame pode ajudar no combate à depressão, afirma pesquisa

Mariana Castro05/04/2017
Woman Suffering From Stomach Ache

Itália planeja oferecer licença remunerada para quem sofrem com cólicas menstruais

Mariana Castro03/04/2017
Prescription Drug

Tomar anti-inflamatórios aumenta o risco de infarto, diz pesquisa

Mariana Castro31/03/2017