Saúde e Bem-Estar

Profissionais que trabalham ao ar livre têm três vezes mais chances de desenvolver câncer de pele

Profissionais que trabalham ao ar livre têm três vezes mais chances de desenvolver câncer de pele

Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA), só em 2016 serão registrados no Brasil 175.760 novos casos de câncer de pele, sendo 80.850 em homens e 94.910 entre mulheres.

+ Como prevenir o câncer de pele

As maiores vítimas são pessoas na faixa dos 40 anos, de pele clara — mais sensíveis a ação dos raios solares — ou com doenças cutâneas prévias.

Uma pesquisa recente descobriu que os profissionais que trabalham ao ar livre, como trabalhadores rurais, da construção civil e até policiais, estão mais propensos a desenvolver câncer de pele se comparados a outros trabalhadores. E não é pouco não: as chances de que isso aconteça são três vezes maiores após um período de cinco anos!

+ As principais dúvidas sobre o protetor solar

Além do câncer de pele, os profissionais que realizam suas atividades ao ar livre também têm chances de desenvolver a queratose actínica, uma lesão que indica dano solar e que também pode levar ao câncer. Para ser ter uma ideia, entre 40% a 60% dos tumores malignos surgem a partir de queratoses mal tratadas.

O relatório apoiado pela LEO Pharma, publicado no Journal of the European Academy of Dermatology and Venereology, também chama a atenção para que os trabalhadores sejam protegidos da radiação dos raios ultravioleta (UV) de forma primária e secundária, incluindo ações educativas e o uso de protetores solares.

Um grupo de especialistas em pele ainda está batalhando para que o câncer de pele do tipo não-melanoma e a queratose actínica sejam reconhecidos como doenças ocupacionais. Apesar dos profissionais que trabalham ao ar livre estarem até três vezes mais expostos aos raios UV do que a média das pessoas, atualmente não há um reconhecimento internacional de que a luz do sol é um risco ocupacional para eles. As discussões estão no Parlamento Europeu que se reúne este mês para debater o assunto.

Saúde e Bem-Estar

Mais em Saúde e Bem-Estar

camisa sonora - imagem 3 - reproducao

Camisa tecnológica permite que deficientes auditivos “sintam” músicas clássicas

Mariana Castro26/05/2017
Tired man being overloaded at work

Dormir pouco pode afetar a aparência e arruinar a vida social das pessoas, diz estudo

Mariana Castro24/05/2017
HIV blood sample

Anvisa registra primeiro teste rápido para detecção do HIV

Patricia Machado23/05/2017
Woman sitting curled up

Ansiedade não controlada pode evoluir para sérios transtornos psicológicos

Mariana Castro23/05/2017
young woman sitting on couch and blowing nose

Problemas respiratórios aumentam as chances de infarto, diz pesquisa

Mariana Castro22/05/2017
Looking in mirror

França aprova lei que proíbe modelos extremamente magras

Mariana Castro22/05/2017
Hand Holding Small Marijuana Leaf with Cannabis Plants in Background

Anvisa reconhece Cannabis sativa como planta medicinal

Mariana Castro18/05/2017
Young woman picking her nails

Ansiedade: entenda o transtorno, sintomas e tratamentos

Mariana Castro16/05/2017
Fitness female athlete lifting weights in gym

Falar palavrões durante atividades físicas deixa as pessoas mais fortes, revela pesquisa

Mariana Castro12/05/2017
Pink breast cancer awareness ribbon in hand

Estudantes criam sutiã capaz de detectar sinais de câncer de mama

Mariana Castro11/05/2017
Woman hands holding cigarette outdoor.

Cigarro estimula produção de enzima que entope as artérias, conclui pesquisa

Mariana Castro10/05/2017
aula de cochilo - reproducao

Academia oferece aula de cochilo para queimar calorias e aliviar estresse

Mariana Castro09/05/2017
Close up of massage shoulder

Fazer massagem pode ser tão bom para o bem-estar quanto receber, revela estudo

Mariana Castro05/05/2017
Beautiful woman using mascara in bathroom

Dicas para manter os cílios fortes e saudáveis

Patricia Machado03/05/2017
Tired woman with tea in kitchen

Dormir muitas horas seguidas não compensa o ‘sono acumulado’, afirma pesquisa

Mariana Castro02/05/2017