Saúde e Bem-Estar

Pessoas tendem a ser mais altruístas quando não pensam duas vezes, diz pesquisa

Pessoas tendem a ser mais altruístas quando não pensam duas vezes, diz pesquisa

Em uma situação do cotidiano, você prefere ajudar uma pessoa e exercitar o seu altruísmo ou você acaba pensando demais no assunto e avaliando se aquela pessoa faria o mesmo por você? Uma pesquisa comandada pelo psicólogo norte-americano David Rand, da Universidade Yale, nos Estados Unidos, descobriu que as pessoas tendem a ser mais altruístas quando não pensam duas vezes antes de agir em prol do bem-estar de um amigo ou conhecido.

+ Cientistas identificam onde está a felicidade no cérebro

+ Atividades e serviços que são melhores no frio 

Para chegar a essa descoberta, o psicólogo analisou 67 estudos que foram publicados anteriormente e que tratavam sobre a cooperação humana em jogos. No total, as pesquisas analisavam o comportamento de 17.647 participantes.

Ao computar os resultados dos estudos, o cientista observou que o pensamento humano é dividido em duas categorias: o pensamento rápido e o pensamento lento. O pensamento rápido está lidado à intuição do indivíduo, uma vez que esse pensamento não precisa de muita deliberação da consciência. Já o pensamento lento é caracterizado pela necessidade do indivíduo avaliar com cuidado a situação na qual está se envolvendo.

Além disso, ele percebeu que nas vezes em que os participantes dos estudos eram estimulados a usarem a intuição, ao invés da estratégia, eles eram 17,3% mais colaborativos e altruístas com seus colegas.

Por causa disso, David elaborou a teoria de as experiências vividas previamente são capazes de fazer com que as pessoas aprendam a desenvolver respostas intuitivas para colaborar e ajudar as demais.

Isso quer dizer que se o indivíduo passou por situações nas quais cooperar com os outros se provou ser uma boa ideia, esse comportamento se tornará intuitivo e ele poderá ser chamado de altruísta. Mas, se ele começar a pensar demais sobre a situação que está vivenciando, ele será estrategista e poderá tentar tirar vantagem do ocorrido.

Foto: Thinkstock

Mais em Saúde e Bem-Estar

cerveja e ioga - imagem 1 - reproducao

Estúdio na Alemanha cria modalidade que mistura ioga com cerveja

Patricia Machado23/01/2017
woman beauty

Lente de contato dental: o que é e quando usar

Redação Apontador23/01/2017
Self-confident brunette looking at reflection

Procedimentos estéticos são alternativa à bichectomia

Patricia Machado20/01/2017
Sad baby in bed

Acupuntura pode ajudar bebês que choram excessivamente, diz pesquisa

Patricia Machado20/01/2017
Green tea

Sete benefícios do chá verde para a saúde

Mariana Castro19/01/2017
unhappy man suffering from backache at home

Casos de pedra nos rins são mais comuns no verão

Patricia Machado19/01/2017
young woman runner running on city bridge road

Exercícios de alta intensidade têm o mesmo efeito que atividades moderadas, diz estudo

Mariana Castro18/01/2017
makeup artist glues false eyelashes

Maquiagem nos olhos pode favorecer o surgimento de terçol

Redação Apontador18/01/2017
bebida alcoolica e aumento de apetite - getty images

Consumir bebida alcoólica aumenta o apetite, comprova estudo

Patricia Machado18/01/2017
Sick

Como diferenciar os sintomas da dengue, zika e chikungunya

Carolina Romanini17/01/2017
Mexican chili con carne in a pan on a wooden

Comida apimentada pode reduzir o risco de morte, aponta pesquisa

Mariana Castro16/01/2017
portrait of happy young business man at office

Levantar durante o trabalho ajuda a queimar calorias, diz estudo

Patricia Machado16/01/2017
Salt spilling on table from salt cellar

Reduzir o consumo de sal poderia salvar milhões de vidas, aponta estudo

Patricia Machado16/01/2017
Feeling sick and tired.

Pesquisa descobre como o estresse aumenta o risco de doenças cardiovasculares

Mariana Castro15/01/2017
Woman meditating in the lotus position closeup

Meditação, Reiki e musicoterapia serão oferecidos pelo SUS

Patricia Machado13/01/2017