Mitos e verdades sobre a celulite

Por em 29/11/2016

Poucas coisas são tão apavorantes para uma mulher quanto aqueles furinhos indesejados que surgem pelas pernas e glúteos após a puberdade – e, principalmente, na idade adulta.

+ Alimentos e nutrientes que combatem a celulite

+ Cinco terapias alternativas que talvez você não conheça

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a celulite, acúmulo de tecido adiposo em algumas áreas do corpo, afeta entre 85% e 98% das mulheres.

Além de fatores genéticos e hormonais, alguns (péssimos) hábitos podem agravar o problema. A dermatologista Ligia Kogos, responsável pela beleza de famosos como o futuro prefeito de São Paulo, João Doria, esclarece algumas dúvidas sobre o assunto.

Por que as jovens de 16 ou 18 anos, mesmo gordinhas, não têm celulite?
A dura verdade é que os teores de colágeno já decrescem por volta dos 25 anos e a pele perde parte de sua firmeza. Aos 18 anos, mesmo com excesso de gordura, a pele é tão firme e durinha que age como uma “cinta“ sobre o tecido adiposo e, mesmo com alguma retenção de líquido pré-menstrual, nada treme nem balança ao caminhar, nessa fase gloriosa da vida.

Refrigerante piora a celulite?
Sim. Os refrigerantes, inclusive os diet e light, contêm sais que retém líquido. Se a moça tem constituição genética vulnerável ao acúmulo de gorduras na região de coxas e quadris (descendentes de italianos, espanhóis, árabes, portugueses — isto é, a brasileira típica com corpo de violão), tensão pré-menstrual, usuária de anticoncepcional, sobrepeso, sedentarismo, fumante, com consumo considerável de refrigerante (mais de um copo por dia), ainda mais se aliado a alimentos com muito sal e carboidratos, notará, sim, o agravamento da celulite.

Comer pizza pode fazer aparecer celulite de um dia para o outro?
Sim, pois comidas com alto teor de carboidratos e sal provocam retenção de líquidos que, em apenas 12 horas, podem evidenciar o aspecto em “furinhos” da celulite que estava menos visível. Para compensar, nas refeições seguintes, corte carboidratos e sal ao máximo.

E o cigarro?
Sim, a médio e longo prazo, pois prejudica a qualidade da circulação sanguínea de todo o organismo e, com isso, diminui os teores de colágeno da derme, a camada mais profunda de nossa pele, tornando-a menos firme, frouxa, flácida, evidenciando as ondulações do tecido gorduroso e a retenção de líquido variável no local.

Por que exercícios físicos reduzem a celulite?
Além de favorecer a perda de peso, quando há necessidade, pela queima mais fácil de calorias, os exercícios melhoram a circulação e consumo da gordura justaposta aos músculos da região, especialmente na musculação, o que em cerca de dois ou três meses já pode ser facilmente percebido.

Ficar sentada o dia todo agrava a celulite?
Sim, infelizmente. Permanecer sentada por tempo prolongado prejudica a circulação sanguínea no local, diminuindo a drenagem de líquido que ali se acumulam, favorecendo depósito de gordura e contribuindo para atrofia da musculatura, se não houver compensação com exercícios em outros momentos.

Foto: iStock.