Jet Lag pode prejudicar a performance de atletas, aponta pesquisa

Por Mariana Castro em 27/01/2017

É natural sentir a diferença de fuso horário ao voltar de uma viagem para outro país. Mas, após alguns dias, o seu corpo consegue se ajustar novamente a rotina. O problema é que um novo estudo descobriu que isso não é tão simples para um atleta. De acordo com os cientistas, o famoso jet lag pode afetar a performance física de um competidor que viaja para um campeonato e, em muitos casos, fazer com que ele perca uma medalha.

+ Sexo pode melhorar a performance de atletas, diz estudo

+ Futebol pode combater a pressão alta em mulheres,diz estudo

Os pesquisadores da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, estudaram os dados de mais de 40 mil jogos da maior liga de beisebol do país. Ao longo de 20 anos, eles avaliaram a performance dos jogadores e os horários das viagens para as competições. Eles notaram que viajar para lugares com diferença de duas ou mais horas antes de um jogo afetava a performance dos jogadores.

Os efeitos eram mais fortes quando jogadores de estados do oeste viajavam para a região leste, do que o contrário. Isso sugere que a sensação de jet lag acontece devido ao ritmo circadiano do corpo humano, ou seja, o período de 24 horas no qual se baseia seu funcionamento. “O relógio circadiano também está presente nas células musculares, então faz sentido que seu desalinhamento cause prejuízos na atividade muscular”, explicou Ravi Allada, diretor associado do Northwestern’s Center for Sleep and Circadian Biology, à revista Time.

+ App transforma atividade física em milhas de viagem

Para evitar o desconforto causado pelo jet lag, a recomendação é chegar ao local de destino alguns dias antes da competição ou evento. “A regra geral é de que o relógio biológico demora um dia para se adaptar a cada hora de diferença, ou seja, se você está viajando para um fuso horário com três horas de diferença, o ideal seria esperar três dias para que seu corpo se ajuste”, sugeriu Allada. Se a sua rotina não permite que você viaje com antecedência, uma dica é ir dormir, por alguns dias, no horário em que você iria descansar se já estivesse em seu destino, fazendo uma espécie de simulação.

Foto: Getty Images