Fotografar as suas refeições pode ajudar no emagrecimento, revela pesquisa

Por Mariana Castro em 02/05/2017

Boa parte dos usuários do Instagram gosta de fotografar a sua comida para compartilhar a experiência na rede social. Com isso, antes de dar a primeira garfada, as pessoas costumam registrar o prato para os seguidores. Muitos fazem isso por diversão, mas, segundo um novo estudo, o hábito tem ajudado pessoas a monitorar a dieta, perder peso e atingir suas metas nutricionais.

+ Campanha converte fotos de comidas deletadas do Instagram em refeições para quem tem fome

+ Filtros no Instagram podem indicar indícios de depressão, aponta pesquisa

Realizada pela Universidade de Washington, nos Estados Unidos, a pesquisa entrevistou dezesseis pessoas que tinham uma espécie de diário nutricional através da rede social.

Elas relataram ter escolhido essa plataforma para isso pois é mais estimulante fotografar e dividir com seus amigos o que se come do que descrever em um caderno ou aplicativo específico para isso. Desta forma, eles postam todo alimento que ingerem ao longo do dia, que varia entre lindas frutas pela manhã até um fast food consumido no carro durante a correria do almoço.

Os pesquisadores concluíram que criar um controle visual com o que a pessoa come diariamente faz com que ela perceba possíveis excessos e a má qualidade na alimentação. O estudo também revelou que quem tem o hábito de fotografar os alimentos fica mais consciente e perseverante em sua dieta. Além disso, os participantes da pesquisa relataram que o suporte e as interações que recebem dos seguidores os incentivam a relatar fielmente o que consomem, sem deixar as “escapadinhas” de fora.

Foto: Getty Images