Saúde e Bem-Estar

Filhos de mães mais velhas têm menos problemas comportamentais, diz estudo

Filhos de mães mais velhas têm menos problemas comportamentais, diz estudo

A vida da mulher moderna é muito diferente do que há alguns anos. Atualmente, ela luta por seu espaço no mercado de trabalho e procura se dedicar à construção de uma carreira de sucesso. Por causa disso, muitas mulheres estão optando por vivenciar a maternidade cada vez mais tarde.

+ Como funciona o processo de congelamento de óvulos?

+ Menopausa precoce pode comprometer a saúde de quem quer engravidar

Ao analisar esse comportamento, uma pesquisa recente descobriu que ter filhos mais tarde pode trazer benefícios para o comportamento das crianças. Segundo cientistas da Universidade Aarhus, na Dinamarca, frutos de uma maternidade tardia têm menos problemas sociais, emocionais e comportamentais no período entre o nascimento e a adolescência.

Para o estudo, foram analisados respostas de cinco mil mães dinamarquesas. Os resultados revelaram que, quanto mais velhas as mães, melhores eram as habilidades sociais e de linguagem das crianças. Ainda foi possível observar que, com mais idade, as mães não repreendiam ou disciplinavam fisicamente os filhos, quando comparado com as mães mais novas. “Esse estilo de criação pode contribuir positivamente para a educação das crianças”, explicou Dion Sommer, líder da pesquisa, ao The Independent.

+ Fases da lua e dia da relação sexual podem influenciar na gestação

A hipótese para isso está na maturidade psicológica de mães mais velhas. “Sabemos que as pessoas se tornam mentalmente mais flexíveis com a idade, são mais tolerantes com outras pessoas e prosperam melhor emocionalmente. É por isso que a maturidade psicológica pode explicar por que as mães mais velhas não repreendem e disciplinam fisicamente seus filhos”, afirmou o pesquisador.

Foto: Getty Images

Mais em Saúde e Bem-Estar

Friends in the cafe

Álcool compromete o cérebro mesmo sem causar embriaguez, diz pesquisa

Mariana Castro20/04/2017
Girl looking in the mirror

Cinco sinais de que sua pele está envelhecendo rápido

Patricia Machado19/04/2017
Businessman sleeping on the couch

Sonecas deixam as pessoas mais felizes, garante pesquisa

Mariana Castro18/04/2017
Pampering cream

Quatro hábitos que podem prejudicar a pele no inverno

Patricia Machado18/04/2017
Teen woman with headache holding her hand to head

Enxaqueca influencia no desenvolvimento de transtorno de ansiedade, conclui pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Woman doing yoga exercise

Meditar regularmente pode ajudar a reduzir o estresse, diz estudo

Mariana Castro17/04/2017
Portrait of a beautiful little girl with strawberry

Consumir frutas pode reduzir o risco de diabetes, aponta pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Sad little girl

Problema auditivo pode prejudicar o aprendizado das crianças na escola

Mariana Castro11/04/2017
mother teaching daughter to cut vegetables

Mitos e verdades da dieta vegana

Mariana Castro10/04/2017
assadura em bebes - istock

Dicas para tratar assaduras em bebês

Mariana Castro10/04/2017
woman tired of diet restrictions craving sweets chocolate

Psicólogos desenvolvem técnica para controlar compulsão por chocolate

Mariana Castro06/04/2017
boy and headphones

Jogar videogame pode ajudar no combate à depressão, afirma pesquisa

Mariana Castro05/04/2017
Woman Suffering From Stomach Ache

Itália planeja oferecer licença remunerada para quem sofrem com cólicas menstruais

Mariana Castro03/04/2017
Prescription Drug

Tomar anti-inflamatórios aumenta o risco de infarto, diz pesquisa

Mariana Castro31/03/2017
The doctor gave vaccination needle

Campinas promove campanha de vacinação contra febre amarela

Mariana Castro30/03/2017