Saúde e Bem-Estar

Fazer exercícios apenas no final de semana pode ser bom para a saúde, diz pesquisa

Fazer exercícios apenas no final de semana pode ser bom para a saúde, diz pesquisa

Muitos acreditam que, ao seguir à risca a dieta e a rotina de exercícios durante a semana, terão a permissão para relaxar no sofá e colocar o pé na jaca durante o final de semana. Mas, concentrar os exercícios em um ou dois dias da semana pode fazer muito bem à saúde, segundo um novo estudo. Por isso, se você quer bons resultados, a dica é tornar os finais de semana mais produtivos.

+ Um minuto de exercício intenso pode equivaler a 45 minutos de atividade física moderada, diz pesquisa

+ O poder dos exercícios físicos: pessoas que acreditam têm melhores resultados, aponta estudo

Pesquisadores da Universidade de Sydney, na Austrália, revelaram que se exercitar, principalmente durante os finais de semana, pode reduzir o risco de câncer e doenças cardíacas, em comparação às pessoas que não se exercitam. Para isso, eles acompanharam cerca de 64 mil pessoas com idade superior a 40 anos, ao longo de nove anos. Eles foram agrupados em quatro categorias: inativos, insuficientemente ativos, que praticavam atividades regularmente e que se exercitavam aos finais de semana.

Não há, até o momento, um consenso a respeito do tempo e intensidade de exercícios considerado ideal. Apesar disso, os resultados mostraram que quem concentrava sua atividade física no final de semana, praticando 300 minutos de exercício, tinha um risco de morte 30% mais baixo. Para doenças cardiovasculares, o risco era 40% menor, enquanto o de mortes por câncer caia 18%.

+ Cientistas descobrem a quantidade ideal de exercícios para ajudar na prevenção de doenças

“Essa é uma notícia muito animadora, mesmo entre as pessoas que fazem atividade física, mas não atingem os níveis de exercício recomendados”, explicou Emannuel Stamatakis, autor do estudo e professor da universidade, à AFP. “Apesar disso, para obter mais benefícios para a saúde, é aconselhável cumprir e até exceder as recomendações”.

Foto: Thinkstock

Mais em Saúde e Bem-Estar

old woman looking in a window

Depressão na terceira idade: sintomas e tratamento

Mariana Castro27/04/2017
Salt spilling on table from salt cellar

Excesso de sal na comida pode aumentar a sensação de fome, revela pesquisa

Mariana Castro27/04/2017
Iced cola

Refrigerante diet aumenta os riscos de AVC e demência, diz estudo

Mariana Castro25/04/2017
teenager lay on the floor in the room

Uso diário de dispositivos móveis pode prejudicar o sono das crianças, diz estudo

Mariana Castro24/04/2017
Fat on stomach

Mais da metade dos brasileiros está acima do peso, revela pesquisa

Mariana Castro24/04/2017
Friends in the cafe

Álcool compromete o cérebro mesmo sem causar embriaguez, diz pesquisa

Mariana Castro20/04/2017
Girl looking in the mirror

Cinco sinais de que sua pele está envelhecendo rápido

Patricia Machado19/04/2017
Businessman sleeping on the couch

Sonecas deixam as pessoas mais felizes, garante pesquisa

Mariana Castro18/04/2017
Pampering cream

Quatro hábitos que podem prejudicar a pele no inverno

Patricia Machado18/04/2017
Teen woman with headache holding her hand to head

Enxaqueca influencia no desenvolvimento de transtorno de ansiedade, conclui pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Woman doing yoga exercise

Meditar regularmente pode ajudar a reduzir o estresse, diz estudo

Mariana Castro17/04/2017
Portrait of a beautiful little girl with strawberry

Consumir frutas pode reduzir o risco de diabetes, aponta pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Sad little girl

Problema auditivo pode prejudicar o aprendizado das crianças na escola

Mariana Castro11/04/2017
mother teaching daughter to cut vegetables

Mitos e verdades da dieta vegana

Mariana Castro10/04/2017
assadura em bebes - istock

Dicas para tratar assaduras em bebês

Mariana Castro10/04/2017