Saúde e Bem-Estar

Fazer diferentes dietas com frequência contribui para o ganho de peso, diz estudo

Fazer diferentes dietas com frequência contribui para o ganho de peso, diz estudo

Se você está sempre tentando fazer dietas diferentes, que não duram mais do que uma semana, é melhor tomar uma decisão definitiva quanto ao seu cardápio. Um novo estudo revelou que dietas curtas e frequentes podem levar ao ganho de peso, uma vez que o cérebro interpreta as curtas dietas como períodos de fome e armazena mais gordura para encarar uma futura escassez alimentar.

+ Beber água antes das refeições ajuda na perda de peso, conclui estudo

+ Alimentos que já foram considerados vilões da saúde e hoje são aliados de muitas dietas

Pesquisadores das Universidades de Exeter e Bristol, ambas no Reino Unido, basearam a pesquisa realizada na observação de pássaros. Esses animais respondem ao risco de escassez de alimento ganhando peso para, caso seja necessário, terem uma reserva.

“Ganhar peso em dietas como essas, portanto, não significa um mau funcionamento do corpo”, explicou John McNamara, pesquisador da Universidade de Bristol, no artigo científico. “O cérebro pode estar funcionando perfeitamente, mas a incerteza de suprimento alimentar desencadeia essa resposta do corpo”.

Surpreendentemente, a média de ganho de peso é maior para pessoas que vivem tentando testar várias dietas do que para aquelas que não fazem regime. “Isso acontece porque as pessoas que não fazem dieta têm a segurança de que terão um alimento sempre disponível, então não há necessidade de garantir o armazenamento de gordura”, revelou Andrew Higginson, professor de psicologia da Universidade de Exeter.

+ Dieta vegana influencia na longevidade, diz estudo

A pesquisa revelou ainda que o desejo de comer aumenta à medida que uma dieta continua, e não diminui com o ganho de peso porque o cérebro fica convencido da probabilidade de passar fome no futuro. “A melhor coisa para perder peso e se manter saudável, portanto, é manter uma frequência de alimentação estável e moderada, além de praticar exercícios”, afirmou Andrew.

Foto: Getty Images

Mais em Saúde e Bem-Estar

old woman looking in a window

Depressão na terceira idade: sintomas e tratamento

Mariana Castro27/04/2017
Salt spilling on table from salt cellar

Excesso de sal na comida pode aumentar a sensação de fome, revela pesquisa

Mariana Castro27/04/2017
Iced cola

Refrigerante diet aumenta os riscos de AVC e demência, diz estudo

Mariana Castro25/04/2017
teenager lay on the floor in the room

Uso diário de dispositivos móveis pode prejudicar o sono das crianças, diz estudo

Mariana Castro24/04/2017
Fat on stomach

Mais da metade dos brasileiros está acima do peso, revela pesquisa

Mariana Castro24/04/2017
Friends in the cafe

Álcool compromete o cérebro mesmo sem causar embriaguez, diz pesquisa

Mariana Castro20/04/2017
Girl looking in the mirror

Cinco sinais de que sua pele está envelhecendo rápido

Patricia Machado19/04/2017
Businessman sleeping on the couch

Sonecas deixam as pessoas mais felizes, garante pesquisa

Mariana Castro18/04/2017
Pampering cream

Quatro hábitos que podem prejudicar a pele no inverno

Patricia Machado18/04/2017
Teen woman with headache holding her hand to head

Enxaqueca influencia no desenvolvimento de transtorno de ansiedade, conclui pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Woman doing yoga exercise

Meditar regularmente pode ajudar a reduzir o estresse, diz estudo

Mariana Castro17/04/2017
Portrait of a beautiful little girl with strawberry

Consumir frutas pode reduzir o risco de diabetes, aponta pesquisa

Mariana Castro17/04/2017
Sad little girl

Problema auditivo pode prejudicar o aprendizado das crianças na escola

Mariana Castro11/04/2017
mother teaching daughter to cut vegetables

Mitos e verdades da dieta vegana

Mariana Castro10/04/2017
assadura em bebes - istock

Dicas para tratar assaduras em bebês

Mariana Castro10/04/2017