Saúde e Bem-Estar

Estudo revela como o racismo afeta a saúde de suas vítimas

Estudo revela como o racismo afeta a saúde de suas vítimas

O racismo é um mal que permeia diversos aspectos da sociedade. Desde ataques verbais até a violência física, passando por oportunidades desiguais e variadas formas de opressão. É difícil imaginar que isso teria algum lado positivo, não é mesmo? E, você está certo, ele não tem. Para piorar, novos estudos revelaram que o racismo também gera graves consequências à saúde de suas vítimas.

+ Pessoas altruístas e bondosas fazem mais sexo, diz pesquisa

+ Filhos de pais estressados apresentam mau comportamento, diz pesquisa

Imagens de ressonância magnética permitiram que cientistas australianos estudassem os impactos da exclusão social motivada pelo racismo. Ele afeta diretamente partes do cérebro responsáveis por mecanismos de controle da sobrevivência e personalidade, comportamento social, escolhas, emoções, memória, sono e até pressão sanguínea e batimentos cardíacos.

“As áreas afetadas levam a um desequilíbrio do nível de cortisol, o hormônio do estresse, no cérebro”, explicou Yin Paradies, professor de Relações Raciais na Universidade Deakin, na Austrália, ao Daily Mail. Por causa desse impacto, as vítimas passam a apresentar maior ansiedade a futuras situações de racismo ou estresse em geral, podendo acarretar, também, em depressão e outras patologias.

Os efeitos do racismo ainda vão além, levando a danos no sistema imunológico, metabolismo e coração – que podem ser observados no DNA da vítima. Tudo isso é consequência de inflamações que surgem a partir do estresse gerado em situações racistas.

No Racism - Indian man and Italian Woman shakeing hands

Além disso, os pesquisadores descobriram que pessoas que praticam racismo também têm sua saúde prejudicada, ficando mais propensas a fumar e apresentando associações com a psicopatia.

Dessa forma, o racismo causa efeitos negativos em quem executa ou sofre com os atos. Isso é a prova de que o racismo não faz bem para ninguém e já deveria, definitivamente, ter sido extinguido.

Fotos: Thinkstock

Mais em Saúde e Bem-Estar

Bananas is good way for healthy carbs

O que comer antes e depois de uma atividade física?

Mariana Castro21/02/2017
Woman receiving cosmetic treatment

Como rejuvenescer a pele sem realizar procedimentos cirúrgicos?

Patricia Machado21/02/2017
Girls dancing at the festival

Dicas para cuidar dos olhos durante o carnaval

Redação Apontador20/02/2017
Happy woman at cafe using laptop

Marca de preservativos lança primeiro chatbot sobre saúde sexual no Brasil

Mariana Castro20/02/2017
Woman measuring her waist

Gene encontrado em verme pode ajudar a combater a obesidade, aponta estudo

Mariana Castro20/02/2017
Marijuana bud

Anvisa autoriza uso de medicamento à base de maconha para tratamento de Alzheimer

Patricia Machado17/02/2017
Doctor's and patient's hand

Câncer é a principal causa de morte por doença entre pessoas de 15 e 29 anos, diz estudo

Patricia Machado15/02/2017
idoso cartao de natal - imagem 3 - reproducao

Idoso com demência recebe cartões no dia dos namorados de pessoas desconhecidas

Mariana Castro14/02/2017
Noisy Nursery Lesson

Ruído nas escolas pode acarretar danos à audição de alunos e professores

Redação Apontador14/02/2017
Measuring fatty abdominal

Dormir menos de 7 horas por dia engorda, garante estudo

Patricia Machado13/02/2017
Alcohol cleaning gel

Anvisa suspende lote de gel antisséptico

Mariana Castro13/02/2017
girl in the forest uses the spray against mosquitoes

Oito produtos que podem perder o efeito ou fazer mal à saúde após o prazo de validade

Redação Apontador13/02/2017
Father and son future

Poupatempo ajuda no reconhecimento de parternidade

Mariana Castro13/02/2017
Audience with hands in the air at a music festival

Pesquisa descobre que música, sexo e drogas ativam as mesmas substâncias no cérebro

Mariana Castro10/02/2017
cadeira de rodas - divulgacao

Tecnologia permite que cadeiras de rodas sejam guiadas por expressões faciais

Patricia Machado10/02/2017