Saúde e Bem-Estar

Dormir com raiva favorece a criação de memórias negativas, diz pesquisa

Dormir com raiva favorece a criação de memórias negativas, diz pesquisa

Se você brigou com sua parceira, se desentendeu com um amigo ou se frustrou com alguma situação, resolva tudo antes de ir para a cama. A dica parece fazer parte de um livro de autoajuda, mas novas evidências científicas descobriram que dormir com raiva não é uma boa ideia. De acordo com os pesquisadores, o sono faz com que sentimentos e memórias ruins fiquem armazenados mais facilmente no cérebro.

+ 6 alimentos capazes de melhorar a memória

+ Memória da mulher é melhor do que a do homem, comprova estudo

Os pesquisadores chineses e estadunidenses revelaram que, durante o sono, o cérebro reorganiza o armazenamento de memórias negativas, tornando mais difícil que a pessoa se esqueça delas. A descoberta pode ajudar no tratamento de transtornos psicológicos associados a traumas, como depressão e estresse pós-traumático.

Para o estudo, 73 estudantes do sexo masculino foram submetidos a testes durante dois dias. Primeiro, eles foram treinados para associar rostos neutros a imagens inquietantes, como pessoas machucadas e crianças chorando. Depois, eles olhavam os rostos novamente e eram instruídos a relembrar da imagem que haviam associado ao rosto ou a evitar essa associação, conscientemente.

Quando o segundo exercício era feito após 30 minutos da realização da primeira etapa, os participantes tinham 9% menos chances de lembrar das imagens que estavam tentando evitar. Mas, quando eles faziam o segundo teste após uma boa noite de sono, eles tinham apenas 3% a menos de chances, provando que a repressão desta memória era mais difícil após o sono.

+ Estresse faz bem para a memória, diz pesquisa

Exames de ressonância magnética revelaram que memórias recém adquiridas representavam uma atividade cerebral localizada no hipocampo, o centro de memória do cérebro. Mas, durante a noite, essas lembranças se distribuíam para o córtex, onde se armazena a memória de longo prazo. “Por isso, sugerimos que você resolva suas brigas antes de se deitar”, disse Yunzhe Liu, pesquisador da Universidade Normal de Pequim e um dos autores do estudo, ao The Guardian.

Foto: Getty Images

Mais em Saúde e Bem-Estar

camisa sonora - imagem 3 - reproducao

Camisa tecnológica permite que deficientes auditivos “sintam” músicas clássicas

Mariana Castro26/05/2017
Tired man being overloaded at work

Dormir pouco pode afetar a aparência e arruinar a vida social das pessoas, diz estudo

Mariana Castro24/05/2017
HIV blood sample

Anvisa registra primeiro teste rápido para detecção do HIV

Patricia Machado23/05/2017
Woman sitting curled up

Ansiedade não controlada pode evoluir para sérios transtornos psicológicos

Mariana Castro23/05/2017
young woman sitting on couch and blowing nose

Problemas respiratórios aumentam as chances de infarto, diz pesquisa

Mariana Castro22/05/2017
Looking in mirror

França aprova lei que proíbe modelos extremamente magras

Mariana Castro22/05/2017
Hand Holding Small Marijuana Leaf with Cannabis Plants in Background

Anvisa reconhece Cannabis sativa como planta medicinal

Mariana Castro18/05/2017
Young woman picking her nails

Ansiedade: entenda o transtorno, sintomas e tratamentos

Mariana Castro16/05/2017
Fitness female athlete lifting weights in gym

Falar palavrões durante atividades físicas deixa as pessoas mais fortes, revela pesquisa

Mariana Castro12/05/2017
Pink breast cancer awareness ribbon in hand

Estudantes criam sutiã capaz de detectar sinais de câncer de mama

Mariana Castro11/05/2017
Woman hands holding cigarette outdoor.

Cigarro estimula produção de enzima que entope as artérias, conclui pesquisa

Mariana Castro10/05/2017
aula de cochilo - reproducao

Academia oferece aula de cochilo para queimar calorias e aliviar estresse

Mariana Castro09/05/2017
Close up of massage shoulder

Fazer massagem pode ser tão bom para o bem-estar quanto receber, revela estudo

Mariana Castro05/05/2017
Beautiful woman using mascara in bathroom

Dicas para manter os cílios fortes e saudáveis

Patricia Machado03/05/2017
Tired woman with tea in kitchen

Dormir muitas horas seguidas não compensa o ‘sono acumulado’, afirma pesquisa

Mariana Castro02/05/2017