Crianças devem consumir até seis colheres de chá de açúcar por dia, determina nova norma

Por Patricia Machado em 23/08/2016

O consumo de açúcar por crianças e adolescentes é tema recorrente entre os médicos e entidades de saúde. Uma nova recomendação da Associação Americana do Coração defende que pessoas com idades entre 2 e 18 anos devem consumir, no máximo, 25 gramas de açúcar adicionado por dia — o que equivale a seis colheres de chá. Além disso, crianças com menos de dois anos não devem consumir nenhum tipo de açúcar adicionado.

+ Mulheres consomem mais açúcar do que homem, diz pesquisa

+ Conta no Instagram mostra a quantidade de açúcar no que você come

As novas diretrizes da sociedade médica foram publicadas na revista Circulation. De acordo com a entidade, o açúcar pode ser consumido de duas formas: de maneira natural, através de frutas ou no leite, e se o açúcar for adicionado, que é quando a matéria-prima é adicionada durante o processamento industrial ou no preparo dos alimentos.

A Associação Americana do Coração ainda disse em seu relatório que o consumo exagerado de açúcar durante a infância eleva os riscos de obesidade e hipertensão. Isso pode aumentar as chances da pessoa ter problemas de coração na fase adulta.

A entidade também descobriu que a principal fonte de açúcar adicionado são as bebidas açucaradas, como refrigerantes, chás, sucos industrializados e bebidas energéticas. Por causa disso, ela orientou em sua publicação que crianças e adolescentes consumam, no máximo, 230ml dessas bebidas por semana. Até então, a Organização Mundial da Saúde (OMS) determinava que, para evitar problemas de saúde, o consumo de açúcar adicionado não deveria ultrapassar 10% das calorias totais consumidas em um dia.

Foto: Getty Images