Cogumelos alucinógenos podem ajudar a combater a depressão

Por em 24/05/2016

Os cogumelos possuem uma substância eficaz no tratamento da depressão. E o assunto não é papo de doido, não. O componente foi estudado pela Imperial College de Londres e publicado na revista especializada The Lancet Psychiatry. Trata-se da psilocibina, componente presente nos chamados “cogumelos mágicos” e responsável por algumas alucinações.

+ Conheça os principais sintomas da depressão

Todos os entrevistados tinham mais de 30 anos, sofriam de depressão e já haviam buscado tratamento pelo menos uma ou duas vezes sem sucesso — um deles chegou a tentar até 11 vezes e nada. Durante a pesquisa, eles receberam doses de psilocibina, de início baixas e depois em maior concentração. Todas as sessões foram acompanhadas de música clássica e apoio psicológico.

Logo após a experiência “mística e espiritual”, oito dos 12 pacientes já não estavam mais deprimidos. Uma semana após o experimento, os pesquisadores observaram uma redução significante nos sintomas de depressão, como a ansiedade e a perda de capacidade de sentir prazer. Os resultados publicados na The Lancet Psychiatry ainda mostraram que cinco dos pacientes estavam livres da depressão após três meses.

+ Seis dicas para ser feliz, segundo professor de psicologia da Harvard

Os pesquisadores classificaram a substância como uma espécie de “lubrificante da mente” que “liberava” o paciente e que trabalhava junto de receptores do cérebro que normalmente reagiam à serotonina, hormônio ligado ao humor.

No entanto, o grupo ainda é muito pequeno para dar o estudo como concreto. Com base nesses dados, os especialistas consideraram os resultados “promissores, mas não completamente convincentes”. Agora os testes serão feitos em experimentos maiores. O que eles querem agora é trabalhar com grupos maiores e com o uso de placebos. Mas até lá essa já é uma grande conquista, que quebra tabus e evolui a ciência e a saúde humana.

Via BBC