Cinco passos para planejar a abertura do seu negócio

Por Patricia Machado em 15/12/2016

O sonho de muita gente é abrir o negócio próprio. De acordo com o último levantamento realizado pelo Instituto Data Popular, 38,5 milhões de brasileiros têm intenção de abrir uma empresa. Desse número, 78% das pessoas já estão tomando iniciativas para transformar o seu desejo em realidade.

+ 6 erros que cometemos na hora de fazer um planejamento financeiro

+ Especialista dá dicas para quem quer empreender mas não tem dinheiro

Antes de abrir uma empresa, é importante que o futuro empreendedor esteja preparado. Por isso, é recomendável fazer uma pesquisa de campo sobre a área de atuação do negócio e cursos sobre empreendedorismo e liderança, além, é claro, de ter dinheiro para investir na empresa.

Para evitar contratempos, Fernando Bottura, presidente da Gowork, especializada em escritórios compartilhados, explicou quais são os passos para que uma pessoa consiga abrir o seu negócio. Confira as dicas:

Faça um planejamento

Na hora de abrir uma empresa, ser impulsivo será prejudicial, uma vez que ações desordenadas dificultarão o sucesso. A recomendação é ter um plano de negócio, a definição do público-alvo e a estrutura necessária para a empresa funcionar antes mesmo de sua abertura. Também é importante definir os objetivos a curto prazo e traçar os planos de ação para alcançá-los.

Defina o aporte financeiro inicial

Uma empresa tem custos para funcionar, que vão além do pagamento mensal do empreendedor. Será necessário arcar com as despesas do dia a dia do negócio e com as taxas da junta comercial e da emissão do alvará, por exemplo. Por isso, calcule o valor necessário para fazer o negócio funcionar antes dele dar lucro.

Faça uma redução dos gastos

Mesmo que a empresa ainda não esteja funcionando, é importante fazer uma análise dos gastos e tentar reduzir ao máximo o montante final. Por isso, coloque na ponta do lápis as despesas utilizadas para compra de material, água, energia elétrica e telefone, por exemplo. Outra dica é verificar a possibilidade de trabalhar em um escritório compartilhado, ao invés de alugar um espaço particular.

Regularize a empresa 

Atualmente, os empreendedores podem alinhar sua empresa dentro de diversos tipos de tributação como MEi, Eireli, Simples, Presumido ou Real. Antes de tomar uma decisão, analise cada tipo e procure a opção que seja compatível com o seu negócio.

Seja visto no mercado profissional 

Uma empresa só dará certo se ela tiver bons clientes. Por causa disso, antes de abrir o negócio, procure ampliar a sua rede de contatos. A busca por novos parceiros poderá fazer com que você consiga fechar bons acordos e até ganhe novos investimentos.

Foto: Getty Images