Cinco alimentos que ajudam a combater a ansiedade

Por Patricia Machado em 06/07/2017

Uma pesquisa divulgada pela Organização Mundial da Saúde revelou que o Brasil é o país com a maior taxa de pessoas com transtornos de ansiedade no mundo. De acordo com o estudo, 9,3% dos brasileiros sofrem com o distúrbio. Esse número é três vezes maior do que a média mundial.

+ Ansiedade: entenda o transtorno, sintomas e tratamentos

+ Cinco dicas simples para controlar a ansiedade

O transtorno de ansiedade pode ter causas distintas. Mas, na maioria dos casos, o distúrbio gera um sentimento vago e desagradável de medo, apreensão e tensão. Além dos sintomas psicológicos, a ansiedade pode desencadear sintomas físicos, como tontura, dor de barriga, diarreia, falta de ar, respiração ofegante, dor no peito, coração acelerado e tremores.

A mudança de alguns hábitos alimentares pode amenizar o problema, que deve ser sempre acompanhado por um especialista. “Para que a ansiedade seja controlada é preciso priorizar alimentos ricos em aminoácidos e vitaminas, em especial o triptofano, visto que eles aumentam os níveis de serotonina, neurotransmissor responsável por regular a sensação de bem-estar do nosso organismo”, explica Cyntia Maureen, nutricionista e consultora da Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação de produtos saudáveis.

Close-up of woman hands in reflexive and concern position

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 33% da população mundial sofre com transtornos de ansiedade

Para saber quais alimentos ajudam a combater a ansiedade, a nutricionista preparou uma lista. “No entanto, vale destacar que a alimentação saudável é um fator que não dispensa a consulta ao médico, principalmente se os sintomas evoluírem para uma intensidade grave”, afirma Cyntia. Confira:

Mel

O mel atua como um agente regenerador no intestino, local onde ocorre a produção da serotonina. “O alimento potencializa a liberação do hormônio e, consequentemente, fornece mais disposição e melhora o humor. Também vale destacar que é ótima alternativa ao açúcar, pois fornece diversos benefícios importantes para o organismo”, garante a nutricionista.

Espinafre

O espinafre é rico em ácido fólico e, por isso, é considerado um antidepressivo natural. “A substância elimina resíduos químicos oxidantes produzidos pelo estresse e que contribuem para a aparição de crises de ansiedade”, diz Cyntia.

Lentilha

A lentilha é fonte de cálcio e magnésio, nutrientes fundamentais para potencializar a produção da serotonina. O alimento também contribui para o bom funcionamento do intestino e ajuda na conquista da sensação de bem-estar.

Frutas cítricas

De acordo com a especialista, como são fontes de vitamina C, as frutas cítricas reduzem a liberação do cortisol, conhecido como hormônio do estresse. É importante consumir limão, morango, laranja e tangerina, por exemplo.

Alface

O alface também é considerado um inimigo da ansiedade, já que é rico em uma substância chamada lactucina. “Ela contém efeito calmante e relaxante e pode auxiliar até quem sofre de insônia que, na maioria das vezes, pode estar relacionada com crises de ansiedade. A lactucina está presente em maior quantidade no talo do alimento”, afirma a nutricionista.

Fotos: Getty Images