Saúde e Bem-Estar

Cientistas descobrem que sensibilidade à dor pode ser adquirida socialmente

Cientistas descobrem que sensibilidade à dor pode ser adquirida socialmente

Quando todos ao seu redor estão tristes, a probabilidade de você também se sentir para baixo é grande. O mesmo vale para emoções positivas: estar cercado de pessoas otimistas, gratas e felizes é um grande facilitador para que você se sinta da mesma maneira. Mas, até agora, não se sabia que a dor física também era passada pelo contato entre as pessoas. É o que revela um novo estudo realizado por pesquisadores da Oregon Health and Science University, nos Estados Unidos.

+ Viver reclamando pode estar acabando com a sua saúde, diz especialista

+ Assistir filmes tristes aumenta a tolerância a dor e sentimentos de união 

Para o experimento, ratos de laboratório passaram por uma série de testes indolores que causariam, no máximo, cócegas. Mas os roedores reagiram como se seus pés estivessem queimando. A pesquisa sugere que os ratos captaram essa alta sensibilidade de outros ratos que foram submetidos à dor. Os dois grupos estavam em uma mesma sala, em gaiolas com aproximadamente 1,5 metro de distância entre elas e sem conseguirem se ver.

Os cientistas acreditam que eles adquiriram a sensação através do cheiro. “Nós mostramos, pela primeira vez, que não é necessário um ferimento ou inflamação para desenvolver um estado de dor”, falou o pesquisador e neurocientista da universidade, Andrey Ryabinin, ao Daily Mail. “A dor pode acontecer simplesmente por trocas sociais”. Décadas de estudo e evidências também concluem que o mesmo se aplica a humanos.

+ Terapias alternativas ajudam no tratamento de dores crônicas, segundo estudo

Os pesquisadores ainda foram além. Eles separaram três grupos de ratos: um viciado em drogas e dois sem problemas de saúde. Os ratos viciados ficavam em uma gaiola no mesmo ambiente que uma das gaiolas de ratos saudáveis, enquanto o outro grupo vivia separadamente.

Os resultados mostraram que os roedores que viviam separados tinham uma sensibilidade para dor considerada normal. Enquanto isso, os ratos saudáveis que dividiam o ambiente com ratos viciados consideravam até o menor dos acontecimentos em seus corpos dolorido. Ryabinin ainda pegou traços dos ratos contaminados e os implantou no ambiente com ratos saudáveis. Eles, então, começaram a sentir dores mais profundamente. O time concluiu que o cheiro é a causa mais clara deste contágio.

Foto: Getty Images

Mais em Saúde e Bem-Estar

Woman body on beach background

Dermatologista aponta os procedimentos estéticos que devem bombar em 2017

Carolina Romanini23/01/2017
execícios de cachorros 1 - reprodução

Personal cria treino para humanos que reproduz os movimentos dos cachorros

Mariana Castro23/01/2017
cerveja e ioga - imagem 1 - reproducao

Estúdio na Alemanha cria modalidade que mistura ioga com cerveja

Patricia Machado23/01/2017
woman beauty

Lente de contato dental: o que é e quando usar

Redação Apontador23/01/2017
Self-confident brunette looking at reflection

Procedimentos estéticos são alternativa à bichectomia

Patricia Machado20/01/2017
Sad baby in bed

Acupuntura pode ajudar bebês que choram excessivamente, diz pesquisa

Patricia Machado20/01/2017
Green tea

Sete benefícios do chá verde para a saúde

Mariana Castro19/01/2017
unhappy man suffering from backache at home

Casos de pedra nos rins são mais comuns no verão

Patricia Machado19/01/2017
young woman runner running on city bridge road

Exercícios de alta intensidade têm o mesmo efeito que atividades moderadas, diz estudo

Mariana Castro18/01/2017
makeup artist glues false eyelashes

Maquiagem nos olhos pode favorecer o surgimento de terçol

Redação Apontador18/01/2017
bebida alcoolica e aumento de apetite - getty images

Consumir bebida alcoólica aumenta o apetite, comprova estudo

Patricia Machado18/01/2017
Sick

Como diferenciar os sintomas da dengue, zika e chikungunya

Carolina Romanini17/01/2017
Mexican chili con carne in a pan on a wooden

Comida apimentada pode reduzir o risco de morte, aponta pesquisa

Mariana Castro16/01/2017
portrait of happy young business man at office

Levantar durante o trabalho ajuda a queimar calorias, diz estudo

Patricia Machado16/01/2017
Salt spilling on table from salt cellar

Reduzir o consumo de sal poderia salvar milhões de vidas, aponta estudo

Patricia Machado16/01/2017