Campanha mostra a importância da busca por informações corretas em casos de câncer

Por Patricia Machado em 01/12/2016

Receber a notícia de que se está com câncer é aterrorizante. De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer, atualmente, 8,2 milhões de pessoas morrem por ano por causa da doença no mundo. No Brasil, a estimativa é de que até o final de 2017 quase 1,2 milhão de novos casos sejam diagnosticados no país.

+ Campanha usa animais para alertar sobre câncer de pele

+ Garoto deixa o cabelo crescer por dois anos para ajudar crianças com câncer

Para desmistificar o tema e confortar os pacientes diagnosticados, o Instituto Vencer o Câncer procura tornar o conhecimento sobre a doença mais acessível. Recentemente, a organização criou a campanha Busque Vencer.

A ideia do projeto é mostrar que pacientes e familiares precisam buscar informações de qualidade sobre a doença ao invés de procurarem qualquer tipo de notícia sobre o tema. De acordo com o instituto, o excesso de informações pode, na verdade, atrapalhar ainda mais a qualidade de vida de quem tem um câncer.

Para mostrar as consequências da pesquisa desenfreada por informações, o projeto convidou seis pessoas que foram diagnosticadas com a doença. Ao longo de uma conversa com o oncologista Fernando Maluf, um dos fundadores do Instituto Vencer o Câncer, eles descobriram o quanto pesquisaram sobre o diagnóstico, além de reverem as imagens dos seus primeiros exames e revelarem os seus maiores medos durante o tratamento.

Confira o resultado da campanha:

Foto: Getty Images