Saúde e Bem-Estar

Brasileiros dormem menos, diz pesquisa

Brasileiros dormem menos, diz pesquisa

Quantas vezes você disse que estava cansado e que adoraria tirar um cochilo hoje? Muitas? Pois bem, a sensação de cansaço tem uma explicação científica. Brasileiros, japoneses e cingapurianos figuram entre as nacionalidades que têm as noites de sono mais curtas do mundo, segundo novo estudo publicado na revista Science Advances.

+ Mulheres precisam de mais horas de sono do que os homens, diz pesquisa

+ Vídeo mostra o que acontece com o nosso corpo quando não dormimos direito 

A equipe da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, coletou dados sobre o sono de 8 mil pessoas em 128 países. Para obter as informações, eles utilizaram um aplicativo chamado Entrain. A ideia era analisar a quantidade de sono que as pessoas tinham por dia ao anotarem no app o horário em que se deitavam e levantavam.

A pesquisa mostrou que pessoas no Japão, Cingapura e Brasil estão entre as que menos dormem em todo o mundo, porque elas acordam no mesmo horário que as pessoas no restante do planeta, mas vão para a cama mais tarde. Enquanto isso, os holandeses desfrutam de longas horas de sono e são considerados as pessoas que mais dormem no mundo.

Os pesquisadores descobriram que fatores sociais e obrigações profissionais são as razões para que os brasileiros não durmam cedo. Além disso, a pesquisa concluiu que o horário de acordar é influenciado pelo relógio biológico. Dessa maneira, o horário em que você vai para cama é que dita se você vai dormir muito ou pouco, uma vez que o seu corpo tenderá a acordar sempre no mesmo horário.

A partir dessas informações, os cidadãos de Cingapura têm a noite de sono mais curta do mundo, com 7h24. Os japoneses ficaram em segundo, com 7h30, e os brasileiros em terceiro lugar, com 7h36. Os dados mostram ainda que os japoneses vão para a cama às 23h30, enquanto os brasileiros se deitam por volta das 23h40.

Já os holandeses, campeões em horas de sono, costumam passar 8h16 dormindo. Eles são seguidos pela Bélgica e Nova Zelândia, que dormem 8h por dia.

Foto: Thinkstock

Mais em Saúde e Bem-Estar

HIV blood sample

Anvisa registra primeiro teste rápido para detecção do HIV

Patricia Machado23/05/2017
Woman sitting curled up

Ansiedade não controlada pode evoluir para sérios transtornos psicológicos

Mariana Castro23/05/2017
young woman sitting on couch and blowing nose

Problemas respiratórios aumentam as chances de infarto, diz pesquisa

Mariana Castro22/05/2017
Looking in mirror

França aprova lei que proíbe modelos extremamente magras

Mariana Castro22/05/2017
Hand Holding Small Marijuana Leaf with Cannabis Plants in Background

Anvisa reconhece Cannabis sativa como planta medicinal

Mariana Castro18/05/2017
Young woman picking her nails

Ansiedade: entenda o transtorno, sintomas e tratamentos

Mariana Castro16/05/2017
Fitness female athlete lifting weights in gym

Falar palavrões durante atividades físicas deixa as pessoas mais fortes, revela pesquisa

Mariana Castro12/05/2017
Pink breast cancer awareness ribbon in hand

Estudantes criam sutiã capaz de detectar sinais de câncer de mama

Mariana Castro11/05/2017
Woman hands holding cigarette outdoor.

Cigarro estimula produção de enzima que entope as artérias, conclui pesquisa

Mariana Castro10/05/2017
aula de cochilo - reproducao

Academia oferece aula de cochilo para queimar calorias e aliviar estresse

Mariana Castro09/05/2017
Close up of massage shoulder

Fazer massagem pode ser tão bom para o bem-estar quanto receber, revela estudo

Mariana Castro05/05/2017
Beautiful woman using mascara in bathroom

Dicas para manter os cílios fortes e saudáveis

Patricia Machado03/05/2017
Tired woman with tea in kitchen

Dormir muitas horas seguidas não compensa o ‘sono acumulado’, afirma pesquisa

Mariana Castro02/05/2017
Taking a pic of food for social network site

Fotografar as suas refeições pode ajudar no emagrecimento, revela pesquisa

Mariana Castro02/05/2017
Senior couple mountain biking on a forest trail, low angle

Exercícios de alta intensidade podem afetar a longevidade, diz estudo

Mariana Castro02/05/2017