Baixo consumo de glúten pode levar à diabetes, aponta estudo

Por Mariana Castro em 24/03/2017

As novas gerações estão cada vez mais preocupadas com a saúde e boa forma. E, para atingir o corpo ideal, muitas pessoas têm aderido à dieta sem glúten. No entanto, novos estudos provaram que a proteína, presente no trigo, centeio e cevada, não deve ser considera uma vilã. Eliminar o glúten da dieta pode aumentar a probabilidade de uma pessoa desenvolver diabetes tipo 2.

+ Mitos e verdades sobre o glúten

+ Dieta sem glúten pode trazer malefícios à saúde, diz estudo

Para realizar a pesquisa, cientistas da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, acompanharam a saúde e os hábitos alimentares de mais de 200 mil pessoas ao longo de 30 anos. Os voluntários, apesar de não terem restrição ao glúten, começaram a reduzir o consumo dessa proteína. Ao final do período analisado, mais de quinze mil casos de diabetes tipo 2 foram registrados entre os participantes.

Os resultados ainda mostraram que a probabilidade de desenvolver a doença diminuía 13% para pessoas que consumiam mais de doze gramas de glúten por dia, em comparação com quem ingeria até quatro gramas. Uma das hipóteses dos pesquisadores é que, quem tirou essa proteína da dieta acabou consumindo menos fibras, que são conhecidas por proteger o corpo da diabetes tipo 2.

Quer ter uma dieta saudável? Clique aqui e procure um nutricionista no Apontador.

Foto: Getty Images