Atividades físicas reduzem o desejo por comidas gordurosas, conclui estudo

Por Mariana Castro em 29/05/2017

Muitos sentem que é incontrolável a vontade de comer alimentos gordurosos, mesmo quando estão tentando reduzir o consumo desses. Uma nova pesquisa revelou que o segredo para isso é muito mais óbvio do que se imagina, além de promover outros benefícios para o corpo, como ficar em forma.

+ Atividades físicas não ajudam na perda de peso, diz estudo

+ Comidas gordurosas também causam ressaca, afirma especialista

Segundo pesquisadores da Universidade Leeds, no Reino Unido, praticar exercícios pode reduzir em até 15% o impulso por comidas calóricas, levando as pessoas a optarem por alimentos mais saudáveis. A razão para isso seria que atividades físicas tendem a gerar um prazer e estímulo suficientes para que os praticantes não sucumbam ao desejo por comida.

Para o estudo, 180 voluntários de 18 a 70 anos usaram, durante uma semana, um bracelete para monitorar suas atividades físicas. Os resultados revelaram que aqueles que se exercitavam por mais de três horas ao longo do dia tinham 15% menos chances de optar por junk foods, por exemplo. Enquanto isso, os participantes que não se exercitavam com tanta frequência demostravam grande interesse por alimentos gordurosos.

+ Excesso de sal na comida pode aumentar a sensação de fome, revela pesquisa

Em uma segunda etapa da pesquisa, 34 participantes comeram um mingau distribuído aleatoriamente em duas versões: uma de baixo teor calórico e outra muito calórica. Aqueles que praticavam exercícios regularmente e que receberam o mingau mais energético sem saber, comeram quantidades menores na refeição seguinte. A conclusão dos pesquisadores é de que o sedentarismo é capaz de desregular a percepção de fome de um indivíduo.

Foto: Getty Images