Alimentos e bebidas diet podem contribuir para o ganho de peso, afirma pesquisa

Por Patricia Machado em 15/08/2017

É comum que muitas pessoas optem por alimentos e bebidas diet quando querem controlar o peso ou procuram adquirir hábitos mais saudáveis. No entanto, um novo estudo divulgado no periódico científico Current Biology constatou que, na verdade, produtos diet podem colaborar para o ganho de peso e para o surgimento de problemas de saúde, como o diabetes.

+ Diet, light ou zero: descubra a diferença

+ Refrigerante diet aumenta os riscos de AVC e demência, diz estudo

A pesquisa foi liderada por cientistas da Escola de Medicina da Universidade Yale, nos Estados Unidos, e contou com a participação de quinze voluntários. Eles que tiveram que ingerir bebidas diet e também a versão normal das mesmas. Através de uma ressonância magnética, os pesquisadores observaram o que acontecia com o cérebro dos participantes após a ingestão das bebidas. Além disso, eles monitoraram a quantidade de energia gasta pelo corpo após o consumo.

Os resultados revelaram que ao ingerir um alimento adoçado artificialmente, mas que possui o nível de doçura igual à versão original, e que contém uma quantidade de calorias menor, o metabolismo desacelera e não registra a dose ingerida. Isso acontece porque o cérebro entende que altos índices de doçura significam que haverá um alto fornecimento de energia. No entanto, como o valor calórico é baixo, o cérebro fica confuso e começa acreditar que terá menos calorias para queimar, processando o alimento de maneira equivocada.

Os cientistas observaram ainda que o consumo de alimentos diet faz com que o sistema de recompensa do cérebro não registre o consumo correto de calorias ingeridas, o que pode fazer com que a pessoa acabe comendo mais do que o necessário para satisfazer as necessidades do organismo.

Foto: Getty Images