Existe uma maneira correta de pedir desculpas?

Por Pedro Katchborian em 01/03/2016

Is it too late now to say sorry? O refrão de Sorry, música-chiclete de Justin Bieber que pergunta “é muito tarde para pedir desculpas?”, tem uma resposta. E é simples: depende da gravidade do que você fez. O The Atlantic fez uma matéria interessante sobre a ciência por traz de um pedido de desculpas e a maneira mais eficaz de pedir perdão.

Erros na hora de se desculpar

Muito cedo

O senso comum diz que, quanto mais cedo pedimos perdão, melhor é. Má notícia, senso comum: a ciência discorda. “Tendemos a reagir imediatamente a tudo”, diz Frank Partnoy, autor de Wait: The Art and Science of Delay. “Sentimos essa vontade de pedir desculpas imediatamente da mesma maneira que sentimos a necessidade de responder mensagens e e-mails assim que recebemos.”

Mas, no caso de uma mancada das grandes — como traição, por exemplo –, o melhor é dar um certo tempo para que a vítima possa processar todo o erro.

Muito tarde

Da mesma maneira que um perdão precipitado pode prejudicar a aceitação do erro, uma desculpa tardia pode ser pior ainda. A pesquisadora Cynthia Frantz, que fez um estudo sobre o timing do perdão, diz que o segredo é achar um meio termo.

De maneira frequente 

Pedir desculpa para tudo e a todos os momentos pode ser complicado. Segundo Amy Ebesu Hubbard, autora de outro estudo sobre o assunto, a atitude pode fazer com que a desculpa da pessoa não tenha mais relevância. “Percebemos coisas que saem de um padrão normativo”, afirma.

De maneira incompleta

Sabe o “desculpa se te ofendi”? Bem, esse tipo de frase é a pior para se desculpar com alguém, já que você joga parte da culpa para a vítima. Essa falta de firmeza e decisão pode fazer com que as coisas piorem, ao invés de contornar a situação.

Qual é a desculpa perfeita?

É claro que isso depende muito da situação e do relacionamento entre as pessoas que estão em conflito, mas há algumas dicas que podem ajudar a fazer com que esse momento seja menos desagradável e traumático.

  • Achar o tal meio termo de muito cedo ou muito tarde: o que você fez é grave? A pessoa precisa pensar no seu erro? Procure responder essas perguntas antes de fazer o pedido de desculpa.
  • Uma pesquisa mostra que a chave para se retratar com alguém é fazer com a vítima acredite que aquilo não vai acontecer novamente. “Você deve focar na outra pessoa”, diz Cynthia Frantz.
  • Esqueça a história de jogar a culpa para a vítima, seja qual for a situação. Se quer ser bem-sucedido, você não deve relativizar suas atitudes.

justin-thumbsup