Dicas para mudar o visual da casa usando papel de parede

Por Thais Lopes em 11/07/2019

Recentemente, foram realizadas muitas mostras e feiras de arquitetura e design. Mais do que apresentar os novos materiais e soluções técnicas para construir e reformar, houve uma nova interpretação de tudo aquilo já utilizado em interiores. 

Por exemplo, percebeu-se que o papel de parede ainda está em alta. Contudo, ele aparece, agora, com mais texturas, desenhos e cores inusitadas.

+ Cervejaria Colorado lança ‘cerveja’ que seu cão pode tomar

+ Transforme a decoração da sua casa começando pela sala de jantar

Se você pensava que papel de parede era uma solução antiga e que nem deveria ser considerada para decoração de casa, errou feio. 

O papel de parede ainda “está com tudo”. Com a melhoria tecnológica ele se mostra como um tipo de revestimento de parede muito válido para quem quer mudar completamente a cara dos ambientes. Continue acompanhando o texto para saber mais!

papel de parede em casa

Amis Arquitetura & Design

O que se sabe sobre os lançamentos mais recentes de papel de parede

O ser humano já utiliza papel de parede para ornamentação de interiores há muitos séculos. Dizem os historiadores que esse material teria surgido na China Antiga, há, aproximadamente, duzentos anos antes de Cristo. 

Na Europa, no mesmo período em que o Brasil foi descoberto, já eram comercializados vários modelos diferentes de papel de parede.  Por volta de um século depois é que foi inaugurada a primeira fábrica do material no continente.

O que se sabe é que, por muitos anos, as pessoas contaram com papéis pintados em temas como flores, folhas, anjos, animais e arabescos. 

Depois, com tantas outras modernizações da indústria, quando se teve a possibilidade de impressão das figuras, é que as variedades do produto se tornaram mais expressivas. Não demorou para surgir opções de rolos com desenhos geométricos e até mesmo traços brilhantes, para todos os gostos.

papel de parede em casa

Tetriz Arquitetura e Interiores

Usar papel de parede em ambientes residenciais foi, no passado, uma solução muito recorrida como cobertura de proteção para parede em épocas de clima frio. Hoje, o material serve mais como decoração. 

Assim como a calça jeans de cintura alta, papel de parede tem fases. Recentemente, o uso dele voltou a aparecer com mais recorrência em propostas de arquitetos e designers.

Em mostras e feiras deste ano, 2019, os profissionais aproveitaram para apresentar os novos lançamentos das marcas fabricantes de papéis de parede. O foco deste ano são os modelos de produtos altamente texturizados. 

Parece também que as opções estampadas e bem coloridas ainda estão em alta, e as novidades não param por aí!

papel de parede

MeyerCortez Arquitetura & Design

Nos primórdios, o papel de parede comum era feito à base de arroz. Depois, se recorreu à produção em material em celulose. No presente, o produto – feito até mesmo em TNT – está bem mais resistente, durável e sustentável. 

Ele pode ser aplicado em praticamente qualquer superfície, até mesmo de banheiro; higienizado com pano umedecido com água; moldado à forma da parede; e montado como se fosse quebra-cabeça.

papel de parede

Amis Arquitetura & Design

Todas essas novas opções de papel de parede foram muito bem aproveitadas nos projetos apresentados em mostras e feiras de arquitetura e design deste ano. 

Foram destaque os modelos em alto relevo, os em três dimensões e principalmente os que imitam textura de materiais como bambu, tijolo e cimento queimado. Agora, isso não quer dizer que os demais papéis de parede caíram em desuso.

Sabe-se que decoração de interiores não precisa seguir, necessariamente, uma moda ou um estilo em específico. Os arquitetos ou designers podem criar algo único, apresentar soluções exclusivas e lançar novas tendências a cada momento. 

Pondo sua criatividade em prática e analisando os produtos sob um olhar novo, eles podem encontrar formas muito diferentes de aproveitar todo o tipo de coisa.

Papéis floridos, listrados, vintages, imitando recortes de jornal e temas infantis podem, sim, fazer parte de ambientes contemporâneos. Tudo vai depender de como serão aplicados, onde ficarão, da paleta de cores escolhida para acompanhá-los e até do contraste que farão com outras peças ao redor.

papel de parede

Maricy Marcos Borges

papel de parede

Renata Basques

papel de parede no quarto

MeyerCortez Arquitetura & Design

Os efeitos mais incríveis que se pode obter com aplicação de papel de parede em interiores

A coisa mais incrível dos papéis de parede são as ilusões de ótica que se pode provocar com a aplicação desse material em superfícies. É possível fazer um ambiente baixo parecer mais alto; um ambiente estreito parecer mais largo; um ambiente sóbrio parecer mais alegre; um ambiente muito claro parecer mais escuro. 

Claro que um efeito assim também poderia ser obtido com tinta. Mas, os papéis oferecem bem mais opções!

Existe uma infinidade de rolos do produto a venda no mercado. Alguns são próprios para cobrir paredes inteiras; outros são mais estreitos, pensados para cobrir uma única faixa. Tem modelos que fazem conjunto com jogos de cama, cortinas e tapetes. 

Papéis que combinam não só com diversos tipos de decoração, mas também estilos de pessoas – mais clássicas e comportadas ou descontraídas e liberais.

papel de parede

Aleggra Design & Arquitetura – Janaina Naves

As melhores ideias de como usar papel de parede para transformar o visual dos cômodos da casa

Já foi dito que as empresas aprimoraram a fabricação dos papéis de parede e que hoje existem alguns, inclusive, próprios para áreas molhadas. Então, é possível aplicar o material em praticamente todos os cantos da casa. 

Pode-se usar o revestimento nas quatro paredes do lavabo. Destacar a parede principal do hall de entrada. Dar destaque para a área da cabeceira da cama. Fazer um fundo para o painel da TV na sala de estar. O que acha?

papel de parede

Juliana Pippi e Bárbara Dundes

papel de parede

Espaço do Traço Arquitetura

Nas mostras e feiras deste ano, pôde-se ver papel de parede aplicado sobre superfícies de portas pivotantes. Também em desníveis de paredes. Sobre tampos de móveis. Até mesmo em tetos. 

Para a sua casa, você está livre para aplicar papel de parede onde quiser. Só esteja atento às especificações dos fabricantes. No mais, use as imagens deste texto como fonte de inspiração!

Essas dicas sobre como mudar o visual da casa, usando papel de parede, foram criadas pela equipe Viva Decora.