Formato da vagina pode impactar no alcance do orgasmo, revela estudo

Por em 02/05/2016

Uma nova análise de evidências sugere que o formato da vagina pode impactar no alcance do orgasmo, segundo relatórios do jornal científico Medical Express.

+ Estudo revela porquê algumas mulheres não conseguem alcançar o orgasmo

Leslie Hoffman e alguns colegas do Departamento de Anatomia da Universidade de Medicina de Indiana descobriram que, durante a gestação, o clitóris movimenta-se para cima e longe da vagina e, portanto, as mulheres cujos clitóris vão para muito longe durante esse período de formação podem ter muita dificuldade de alcançar um orgasmo.

Ainda de acordo com a pesquisa, as mulheres cujos clitóris e abertura urinária estão mais próximos terão mais facilidade em atingir o orgasmo.

Elisabeth Lloyd, uma estudiosa do corpo docente afiliado com o Instituto Kinsey de Pesquisa em Sexo, Gênero e Reprodução na Universidade de Indiana-Bloomington, diz que a distância ideal entre o clitóris e a abertura urinária é de 2,5 centímetros.

Maureen Whelihan, uma obstetra na Flórida que avaliou os resultados da pesquisa, sugeriu que as mulheres cujos clitóris ficam longe da abertura urinária provavelmente têm dificuldade em atingir o orgasmo durante o sexo (ou não conseguem atingi-lo) porque a fricção do pênis não pode chegar tão alto para estimulá-lo.

+ Site ensina mulheres a terem orgasmo

Whelihan disse ainda que, das mulheres nesta condição que afirmaram ter orgasmos puramente vaginais, 90% disseram que precisavam estar no topo “Quando você está por cima do parceiro, não é apenas um orgasmo vaginal. Você também está esfregando seu clitóris na pélvis ou abdômen dele”, diz.

Portanto, é possível que não seja sua culpa ou do seu parceiro que você demore para alcançar um orgasmo — trata-se de algo físico mesmo. Mas, felizmente, existem maneiras de contornar isso — e o vibrador também é uma delas 😉 !

Via Cosmopolitan