Diet, light ou zero: Descubra a diferença

Por Patricia Machado em 12/11/2015

Nas prateleiras do supermercado nos deparamos com inúmeros produtos que estampam as palavras: diet, light e zero. E, com tantas opções, fica difícil entender, de fato, quais são as principais diferenças entre eles e que benefícios trazem à nossa saúde.

+ Alimentos que reduzem a gula

+ Alimentos que ajudam a reduzir a gordura abdominal

“Cerca de 90% das pessoas que compram esses produtos desejam usá-los para ajudar no processo de emagrecimento. Mas, caso o consumidor não leia a descrição de ingredientes ou consuma corretamente o produto, esses alimentos podem causar problemas no organismo e metabolismo”, explica Maiara Fidalgo, especialista em nutrição de doenças crônicas e nutrição comportamental.

É preciso ter cautela ao consumir alimentos descritos como light, diet ou zero. Isso porque, durante a confecção desses produtos, algum ingrediente precisa ser retirado ou utilizado em menor quantidade para justificar uma diferença em relação ao produto tradicional. No entanto, para manter o gosto e textura do produto light, diet ou zero semelhante ao gosto da versão tradicional do alimento, as fábricas alimentícias costumam adicionar outros ingredientes em excesso à receita.

+ 6 truques de cozinha que vão facilitar a sua vida

“Um alimento pode não ter açúcar, mas pode ter em sua composição uma grande quantidade de corante, conservante e adoçante, por exemplo”, afirma a nutricionista. “Isso pode ser tão prejudicial ao metabolismo humano quanto o produto original”, completa.

Alimento Light

Para ser considerado light, o produto deve ter pelo menos 25% a menos de um determinado ingrediente em relação a um produto convencional e similar. Mas cada fabricante pode determinar qual será o ingrediente que será adicionado em menor quantidade à receita. Isso significa que um alimento light produzido por marcas diferentes pode ter a redução de diferentes tipos de ingredientes. “O alimento light costuma ser consumido por pessoas que desejam perder pedo”, afirma Maiara.

Alimento Diet ou Zero

Não há diferença entre alimentos diet e zero. Ambos determinam que houve a retirada de 100% de um ingrediente. “É muito importante ler o rótulo de produtos light e zero porque eles costumam compensar a falta do ingrediente retirado da receita colocando outras substâncias em excesso”, conta a nutricionista. Esse tipo de produto costuma ser consumido por diabéticos, caso não tenha açúcar.

Quem não deve consumir esses produtos?

De acordo com a nutricionista, crianças, gestantes, mães que estão amamentando e pessoas com problemas renais devem evitar o consumo de produtos light, diet e zero. “Qualquer produto que não é natural e é produzido em laboratório pode trazer danos à saúde. Ao ingeri-los, você engana o seu corpo com um sabor artificial e pode desenvolver problemas de saúde no futuro”, afirma Maiara.