5 alimentos que podem arruinar a sua dieta e sabotar a perda de peso

Por em 23/02/2016

Mudar alguns hábitos alimentares não é um tarefa simples, ainda mais quando não sabemos por onde começar e o que é preciso rever para ter uma rotina realmente saudável —  e que, claro, não seja sinônimo de passar fome.

De acordo com o médico e pesquisador da área de nutrição, Patrick Rocha, que também é Presidente do Instituto Nacional de Estudos da Obesidade e Doenças Crônicas (INEODOC), é essencial orientar as pessoas sobre alguns mitos alimentares e esclarecer sobre a possibilidade de retomar uma alimentação mais natural, nutritiva e, gradativamente, excluir do cotidiano alguns hábitos prejudiciais.

+ Detox: Onde comprar sucos e marmitas para emagrecer em São Paulo

“As dietas hipocalóricas — quando se consome menos quantidade do que era consumido anteriormente — adotadas a curto prazo, podem até surtir efeito aparentemente. No entanto, essa forma de perder peso não costuma ser saudável, já que as pessoas passam fome, perdem massa magra, sofrem e ainda têm o funcionamento do metabolismo prejudicado, o que acarreta no famoso efeito sanfona”, adverte o médico.

“Para emagrecer de forma saudável e permanente, é preciso adquirir o hábito de consumir alimentos que tragam nutrição para o corpo e excluir, pouco a pouco, aqueles que não oferecem benefício algum ao organismo”, explica Rocha.

+ Alimentos que ajudam a reduzir a gordura abdominal

Se você deseja mudar o seu estilo de vida alimentar, saiba agora quais são os 5 alimentos que podem arruinar a sua dieta e sabotar a perda de peso, de acordo com o médico Patrick Rocha:

Açúcar

acucar

Crédito: Thinkstock

 

Quando pensamos em açúcar, normalmente já vem à cabeça aquele doce maravilhoso ou aquele bolo cheio de chocolate, não? Porém, o açúcar está escondido em diversos produtos e, por vezes, em alguns que nem imaginamos! Os diets e lights, por exemplo, entram nesta lista, assim como molhos de salada industrializados, ketchup, granola e barrinhas de cereal.

Trigo

trigo

Crédito: Pixabay

É só dar uma olhada nas prateleiras dos supermercados para perceber como os produtos à base deste cereal são dominantes. O grande problema é que os produtos de trigo, além de não possuírem elevado grau nutritivo, podem funcionar como gatilho da fome, aumentando o apetite poucos minutos depois que você come.

Bebidas Alcoólicas

bebidas alcoolicas

Crédito: Pixabay

É difícil resistir a uma cervejinha trincando no calor, ou até mesmo àquele happy hour com os amigos. Mas o ideal para quem pretende perder peso é suspender a ingestão de bebidas alcoólicas. Caso caia na tentação, evite as bebidas fermentadas e beba com moderação.

Gorduras Trans

comendo gordura alone

Essas gorduras feitas a partir de óleos vegetais poliinsaturados, como os de soja, milho e canola, são responsáveis por danificar o bom funcionamento do metabolismo, deixando-o mais lento e impossibilitando emagrecer com saúde. As gorduras trans servem basicamente para melhorar o sabor e aumentar a durabilidade dos alimentos industriais. Para descobrir se um alimento tem ou não gordura trans, é preciso ficar atento aos rótulos — se possui gordura hidrogenada ou gordura parcialmente hidrogenada, tem gordura trans.

Bebidas Adoçadas

refrigerantes

Crédito: Thinkstock

Seja o refrigerante ou os sucos adoçados — até mesmo os energéticos –, essas bebidas são repletas de açúcar, além de outras toxinas responsáveis por desregular os hormônios, aumentar a taxa de insulina no sangue e engordar.