Pesquisa revela o melhor e pior setor para encontrar um emprego no Brasil

Por Mariana Castro em 16/03/2017

O Brasil vem, aos poucos, se recuperando de sua crise econômica. Segundo a pesquisa que projeta o cenário do segundo trimestre de 2017, realizada pelo ManpowerGroup, as pessoas estão mais otimistas e as intenções de contratação são melhores do que a encontrada durante esse período no ano passado.

+ Desemprego bate recorde e atinge 12,3 milhões de pessoas

+ Seguro-desemprego: saiba como funciona e tire suas dúvidas sobre o benefício

Apesar do resultado estar quatro pontos percentuais acima de 2016, ele segue negativo, com -4% de intenções. Hoje, entretanto, a grande maioria das empresas já não fala em corte de seus funcionários. Isso acontece principalmente nas grandes empresas, onde a expectativa de contratação é de 6%. Os economistas acreditam que são elas que alavancarão a economia novamente, uma vez que as pequenas empresas seguem com uma intenção de contratação de -10%.

A pesquisa analisou oito setores da indústria brasileira. O resultado revelou que o mais otimista é o setor de agricultura, pesca e mineração. A projeção é de 17% de aumento nas contratações, a maior nos últimos quatro anos. A pior perspectiva está no setor de construção civil, com um indicador de -21%. Isso acontece devido às polêmicas políticas que envolvem esse setor, além da construção civil depender do poder de compra a longo prazo da população.

+ Dicas para se sair bem em uma entrevista de emprego

Ao analisar os estados individualmente, São Paulo terá o melhor cenário para contratações. Já o Rio de Janeiro terá um cenário ruim, com previsão de queda de -23% para o próximo trimestre.

Foto: Getty Images