Endividamento em dezembro será o menor desde 2012, aponta relatório

Por Patricia Machado em 26/12/2016

A crise financeira está fazendo com que os brasileiros gastem seu dinheiro de maneira mais cautelosa e consciente. A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) descobriu que, em dezembro, 56,6% das famílias brasileiras possuíam algum tipo de dívida.

+ Como transformar o trabalho temporário em efetivo

+ Cinco atitudes que desmotivam o funcionário

Apesar do índice de endividamento ainda ser alto, ele é o menor registrado desde 2012. Além disso, esse número era de 57,3% em novembro e de 61,1% em dezembro do ano passado. O principal motivo para esse quadro é o fato dos juros estarem mais altos e de haver maior dificuldade para concessão de crédito.

A pesquisa também observou uma redução na quantidade de pessoas que alegaram não ter como pagar suas dívidas, passando de 9,1% em novembro para 8,7% em dezembro.

Dentre os motivos para a ocorrência de dívidas estão gastos com cartão de crédito (77,1%), carnês (14,4%) e financiamento de carro (10,4%).

Foto: Getty Images