Como economizar e investir o meu dinheiro?

Por Patricia Machado em 22/06/2017

Guardar dinheiro parece ser algo simples. Mas, na prática, este hábito é difícil. Afinal, é quase impossível resistir à vontade de comprar uma peça de roupa nova ou de sair para jantar em algum restaurante. No entanto, cada tostão gasto sem necessidade poderá retardar a conquista de sonhos e objetivos.

+ Quatro passos para planejar a sua aposentadoria 

+ Oito dicas para identificar uma criança consumista

Uma pesquisa feita pela Boa Vista SCPC no começo do ano mostrou que 77% dos brasileiros não estavam conseguindo poupar dinheiro. Além disso, a maioria dos consumidores disse que tinha dificuldade para pagar as contas do mês, como aluguel, luz, telefone, celular, cartões e financiamentos. Os números mostraram que 51% deles disseram que era difícil quitar esses débitos, enquanto 32% responderam ser muito difícil pagar as contas.

“Para reverter este quadro, a poupança deve estar associada aos sonhos, a aquilo que se deseja conquistar”, explica Reinaldo Domingos, especialista em educação financeira e presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros. “Ao estabelecer um planejamento para realizar um desejo verdadeiro e profundo, a pessoa tem motivação para cortar gastos e poupar”, completa.

Como criar o hábito de economizar?

É importante poupar dinheiro para ter uma reserva financeira em caso de imprevistos, como a perda de um emprego, e para conquistar sonhos a curto, médio e longo prazo.

De acordo com o especialista, este hábito pode ser conquistado em quatro passos:

Passo 1: Diagnosticar       

Anote por 30 dias todos os seus gastos, incluindo os menores, como cafezinhos, e separando-os por categoria. Assim, você saberá quais gastos poderá reduzir ou até mesmo eliminar.

Passo 2: Sonhar

Estabeleça pelo menos três sonhos: um de curto prazo (até um ano), um de médio prazo (entre um e dez anos) e outro de longo prazo (acima de dez anos).

Passo 3: Orçar

Saiba quanto custa cada um de seus sonhos e os coloque como prioridade no orçamento mensal, ou seja, poupe primeiro e gaste depois. Ao invés de fazer o cálculo tradicional que é Ganhos – Gastos = Lucro/Prejuízo, faça o cálculo Ganhos – Sonhos – Gastos = Lucro/Prejuízo.

Passo 4: Poupar

Guarde dinheiro mensalmente e ao longo do tempo necessário para realizar seus sonhos em um tipo de investimento adequado ao prazo estipulado.

Como investir o meu dinheiro?

A pesquisa feita pela Boa Vista SCPC constatou que entre aqueles que conseguiam poupar dinheiro, 56% optavam pela poupança. Além disso, 31% aplicavam em fundos, ações, CDB (Certificados de Depósitos Bancários) e outras modalidades de investimentos, e 13% em previdência privada.

“Para sonhos de curto prazo, a poupança é válida. No médio prazo, considere CDB e títulos do tesouro. Já a longo prazo, a previdência privada é bastante interessante”, afirma Reinaldo.

Veja como cada tipo de investimento funciona, de acordo com o especialista:

  • Poupança

A poupança tem um rendimento baixo, especialmente em comparação a outros ativos. Contudo, é isenta de Imposto de Renda, de taxas de administração e tem boa liquidez. Quando o objetivo é de curto prazo, é válido considerar.

  • Tesouro Direto

No caso do Tesouro Direto, há títulos variados, com diferentes prazos e rentabilidade, incluindo juros prefixados pela taxa Selic. É possível comprar títulos públicos federais do Tesouro Nacional pela internet ou por meio de Agentes de Custódia, que são instituições financeiras que podem operar o Tesouro Direto. Entre os investimentos de baixo risco, esse é o que tem se mostrado com melhor rentabilidade.

É preciso realizar uma aplicação inicial mínima de 10% do preço do título a ser adquirido caso a compra seja tradicional e 1% se for programada, valor equivalente a, aproximadamente, R$ 30.

senior woman hand putting money to piggy bank

  • CDB

No caso do CDB, que são títulos de renda fixa que servem como captação de recursos para os bancos, a rentabilidade corresponde aos juros pagos pela instituição na data pré-acordada.  Há a incidência de Imposto de Renda em função do prazo da aplicação. Quanto maior o tempo investido, menor a alíquota, e, para prazos inferiores a 30 dias, o IOF (Imposto sobre operações financeiras) também é cobrado.

  • Previdência Privada

É possível investir na previdência privada por meio de instituições financeiras. Existem dois tipos de planos de previdência privada: o PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e o VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre). O primeiro é mais indicado para quem tem retenção no Imposto de Renda, pois nesta modalidade os valores investidos podem ser abatidos se equivalerem a 12% da renda bruta anual. Entretanto, no momento do saque, o imposto será cobrado sobre o valor total do fundo. Já no VGBL, a retenção ocorre apenas sobre os rendimentos e o investimento não pode ser abatido do Imposto de Renda. Portanto, é a modalidade mais indicada para quem não declara ou declara com formulário simples o Imposto de Renda.

Com R$ 100 mensais já é possível investir na previdência privada. Além disso, para evitar contratempos, o ideal é verificar o valor mínimo de investimento com a instituição financeira de sua preferência.

A previdência privada permite que a pessoa retire o valor investido no futuro de duas formas: mensalmente ou de uma única vez. Antes de começar a investir é interessante fazer uma simulação para analisar o melhor cenário e se certificar se o montante poderá ser transferido para filhos ou para o cônjuge em caso de morte.

O que fazer se não posso investir, mas desejo ter saúde financeira?

O especialista garante que a saúde financeira depende muito mais dos hábitos e comportamentos saudáveis do que dos investimentos. Algumas orientações são economizar nas contas básicas, como água, gás e energia elétrica, rever os pacotes contratados, como TV a cabo e celular, ir ao mercado com uma lista baseada no que precisa e se questionar antes de comprar.

Close up of female accountant or banker making calculations. Sav

“É importante fazer as seguintes perguntas: Eu realmente preciso?, Tenho dinheiro para pagar à vista?, Conseguirei pagar a parcela daqui há três ou seis meses?. Além disso, não considere o limite do cartão de crédito e do cheque especial como parte de sua renda”, alerta Reinaldo.

Fotos: Getty Images