WhatsApp anuncia que não vai mais cobrar taxa de assinatura

Por Pedro Katchborian em 18/01/2016

Você sabia que o WhatsApp era pago? Após baixar, o primeiro ano de uso do aplicativo era grátis, mas depois costumava-se cobrar uma taxa de assinatura de US$0,99 ao mês — o que hoje daria mais de 4 reais mensais.

+ 5 apps que são alternativas ao WhatsApp

Para a felicidade dos usuários, a empresa anunciou hoje que essa cobrança não vai mais existir. “Estamos felizes de anunciar que o WhatsApp não irá mais cobrar taxa de assinatura”, disse em comunicado.

“Conforme crescemos, descobrimos que essa abordagem não funcionou. Muitos usuários do app não têm cartão de crédito ou débito e ficavam preocupados em perder acesso a seus amigos e família após o primeiro ano. Então, nas próximas semanas, iremos remover taxas das diferentes versões do app e o WhatsApp não irá mais cobrar pelo serviço”, continua.

A empresa ainda garantiu que, além de não cobrar taxas, também não irá colocar anúncios no aplicativo (ufa!). O WhatsApp ainda aproveitou o comunicado para dizer que o serviço terá novidades em breve: a ideia é que existam novas maneiras para os usuários se comunicarem com empresas pelo app. Leia o comunicado na íntegra aqui.