França proíbe que restaurantes tenham copos, pratos e talheres de plástico

Por Patricia Machado em 22/09/2016

Uma nova lei aprovada pelo governo francês vem causando polêmica entre os empresários. De acordo com a nova determinação, os restaurantes daquele país têm até 2020 para acabarem com a utilização de talheres de plástico. Além disso, tais materiais não poderão mais ser vendidos pelo comércio local.

+ Consumo de gorduras saturadas aumenta os riscos de morte precoce, revela estudo

+ Estudo descobre que a comida é capaz de aproximar as pessoas

O objetivo da medida é colaborar para a redução da emissão de gases do efeito estufa, diversificando seu modelo energético e aumentando o uso de fontes de energia renováveis. Dados divulgados pelo jornal francês Les Echos mostraram que 4,7 bilhões de copos plásticos são descartados por ano e que apenas 1% deles é reciclável.

Mas a novidade não declara o fim dos utensílios descartáveis. A nova lei diz que esses produtos deverão ser biodegradáveis e ter em sua composição 50% de materiais de origem vegetal. Em 2025, esse conteúdo deverá aumentar para 60%.

Apesar da medida prezar pelo meio ambiente, comerciantes e donos de estabelecimentos como restaurantes e supermercados não gostaram da mudança e consideraram a decisão uma violação das regras da União Europeia sobre a livre circulação de mercadorias.

Foto: Getty Images