Cinco restaurantes badalados que abriram casas com preços acessíveis

Por Mariana Castro em 08/11/2016

Restaurantes tradicionais e sofisticados têm um público fiel e dificilmente saem de moda. Mas, paralelo a isso, tem emergido uma nova forma de curtir o que a cidade tem para oferecer – uma forma mais despojada e acessível. Sendo assim, restaurantes renomados e tradicionais não poderiam ficar para trás.

+ Restaurantes típicos e especializados na culinária brasileira

+ Oito restaurantes históricos para conhecer em São Paulo

Grandes chefs e proprietários de estabelecimentos famosos estão abrindo novas casas com um perfil mais descolado e preços mais baratos do que as originais. Essa é uma boa maneira de entrar em contato com o trabalho de profissionais cobiçados e provar pratos de ótima qualidade, mas que não pesam tanto no bolso.

Para você aproveitar essa novidade ao máximo, reunimos cinco chefs de restaurantes estrelados que abriram casas com preços mais acessíveis em São Paulo. Confira:

Açougue Central 

açougue central - divulgação

Além de ser o chef do restaurante cinco estrelas D.O.M, Alex Atala também cuida do cardápio do Dalva e Dito e do Açougue Central, seu novo estabelecimento. Enquanto o primeiro restaurante resgata clássicos da gastronomia brasileira com técnicas mais modernas, a sua nova empreitada tem a missão de servir cortes bovinos pouco valorizados. A ideia surgiu depois que Atala percebeu que cortes desvalorizados poderiam ser tão saborosos quanto os cortes mais nobres. O preço dos pratos varia de R$ 55 a R$ 269.

Cão Veio 

cão veio - divulgação

Henrique Fogaça, que é um chef famoso e jurado da versão brasileira do MasterChef, comanda, além do pequenino e badalado Sal Gastronomia, o Jamile e o bar Cão Veio. O primeiro está localizado no bairro do Bixiga, com um ambiente elegante e cardápio sofisticado. Já o bar nasceu através de uma união com o promoter Kichi e o músico Badauí, da banda CPM 22.

Frequentado pela juventude descolada da capital paulista, o bar é decorado com referências caninas e conta com uma trilha sonora que oscila entre hardcore e jazz. Além das cervejas artesanais, o grande atrativo do cardápio é o bolinho de arroz e o pargo, servido com batata doce e maionese de limão. Durante a semana, o menu completo, com entrada e sobremesa, custa R$ 43.

Guarita

guarita

A união do barman Jean Ponce, que já passou pelo renomado restaurante D.O.M, com o chef australiano Greigor Caisley, do 12 Burguer e Bistrô, foi responsável pela criação de propostas inovadoras.

Recentemente, eles inauguraram o Guarita, um bar que possui uma proposta mais simples e democrática. Ele consiste, basicamente, em um balcão na calçada do bairro de Pinheiros que serve diversos drinques, como rabo de galo (R$ 26), caipirinha (R$ 18) e bolovo (R$ 9).

La Guapa

la guapa - divulgação

A chef argentina Paola Carosella já fazia sucesso com sua empanada de massa fina e recheio abundante no Arturito. Para criar um espaço com preços mais acessíveis, ela inaugurou o café La Guapa, que serve clássicas e elaboradas empanadas por R$ 7,50 cada.

Trattoria 

trattoria - divulgação

Com formato de cantina, a proposta da Trattoria é bem diferente do seu restaurante de origem, o Fasano. Inaugurada no Itaim, ela leva o peso da grife do restaurante badalado, mas conta com opções mais simples e cantineiras, além de preços mais atraentes. O cardápio é inspirado no sul da Itália, com pratos mais recheados, como o espaguete à carbonara e o polpettone ao forno. Uma ida ao local pode custar entre R$ 131 e R$ 220.

Fotos: Divulgação/Reprodução/Getty Images