Bares para provar bons drinques em São Paulo

Por Mariana Castro em 09/01/2018

Na agitada cidade de São Paulo, todo dia é dia de confraternizar entre amigos e curtir as diferentes programações disponíveis. Para quem gosta de agito, bares e botecos não faltam, e é possível encontrar diversas opções em qualquer lugar. Justamente por isso, novas casas estão sempre tentando inovar e conquistar clientes através de seus diferenciais.

+ Cinco bares tradicionais no centro de São Paulo

+ Cinco botecos que estão na moda em São Paulo

Têm locais que se destacam pelo ambiente, outros pela música e outros, é claro, pelos drinques. Para os que planejam beber mais do que apenas uma cervejinha, é sempre bom encontrar lugares que investem em seus coquetéis.  Pensando nisso, reunimos cinco bares em São Paulo para provar bons drinques. Confira:

Bar.

Desde o nome até o cardápio, o Bar Ponto conquista o público por sua originalidade. O local acolhe tanto aqueles que querem dançar, quanto os que querem apenas curtir bons drinques e uma conversa tranquila. O menu de bebidas é dividido em três seções. A primeira delas, batizada de 4ª temporada, conta com coquetéis autorais da equipe do bar, como o Purple is the new black ou o Pink Flamingo. A segunda seção é chamada de Os preferidos, composta por criações como o Mockingbird ou o Scarface, por exemplo. São criações de outras “temporadas”, que foram adicionadas permanentemente ao cardápio graças ao sucesso com o público. Por fim, o cardápio conta com drinques clássicos, como o Manhattan, Dry Martini ou o Negroni.

Boteco Paramount

Depois de trabalhar como bartender por doze anos no conceituado bar Astor, José Francisco de Oliveira Neto resolveu abrir seu próprio negócio – e o resultado não poderia ser diferente. O Paramount se destacou na agitada Rua dos Pinheiros por conta da variedade de drinques. O forte do local não são os famosos “litrões” de cerveja, mas, os coquetéis. Manhattan, Negroni, Gim-Tônica, Martini: você pode experimentá-los sem gastar muito, pois os preços são acessíveis. O destaque vai para o Paramount, bebida que leva o nome da casa e já é uma das favoritas dos frequentadores.

Guilhotina

Localizada no descolado bairro de Pinheiros, essa coquetelaria seguiu a tendência e criou um ambiente descontraído e amigável. A ideia é proporcionar uma experiência divertida, sem grandes pretensões, estimulando a interação entre convidados e bartenders. Atraindo um público jovem, o cardápio é recheado de drinques com nomes divertidos. Fica difícil escolher entre o Chora e Me Liga, Maldade Pouca é Bobagem ou o 50 Tons de Grey. Sem dúvidas, o Mr. Funk e o Ponto G parecem pedidas certas. 😉

Olivio Bar

O Olivio Bar prepara tudo com excelência, valendo a pena tanto pela comida quanto pela bebida. Seu cardápio é saborosíssimo, agradando a paladares exigentes desde os petiscos até os pratos principais. Mas, seu destaque está mesmo nos drinques, preparados por mixologistas que viajaram o mundo em busca de sabores originais. Você não perde escolhendo as opções da moda, como o Moscow Mule, Pisco Sour ou o Negroni. Mas, se quiser se divertir, opte pelo Luz no Fim do Túnel, bebida servida em um lâmpada com vodka, espumante e maracujá. O drinque mais famoso da casa é o 22, uma grande mistura que inclui rum, licor e limonada. Ele é servido em uma mini banheira, com direito a espuma comestível e dois patinhos boiando. Demais!

Subastor

“Escondido” no subsolo do Bar Astor, o Subastor é mais reservado, dominado por uma aura de charme e mistério. Passando pela cortina de veludo, você encontrará um ambiente em tons de vermelho, com luz baixa e focada no balcão do bar. Ali são produzidos os coquetéis da casa, que são inspirados na biodiversidade, imigração e arte do nosso país. A ideia é que aventuras e histórias sejam traduzidas em forma de bebida. Para complementar, cada drinque é representado por uma ilustração do artista brasileiro Ciro Bicudo, também cliente da casa.

Fotos: Reprodução