Veja dicas para manutenção da sua piscina e ideias para decoração

Por Thais Lopes em 19/12/2018

Como disse a cantora Marina Lima ao interpretar a música ‘Meia Noite e Meia’, “vem chegando o verão, o calor no coração”.

É assim mesmo! Logo que o calor se inicia, as pessoas já ficam mais alegres e animadas. O foco da estação é se divertir entre amigos e familiares.

E não há nada melhor do que combinar de se refrescar dando aquele mergulho na piscina. Concorda?

Revista Viva Decora

Nem todas as pessoas têm o privilégio de ter em casa uma estrutura como essa. Claro que sempre se pode improvisar com os modelos de lona, por exemplo.

Mas sua qualidade não se compara a das piscinas feitas em fibra ou concreto, revestidas de azulejos. Num país como o Brasil, de clima tropical – caracterizado por ter temperaturas acima dos 20° C na maior parte do ano -, a instalação vale o investimento.

Morar mais por menos em Goiânia

É comum ver projetos residenciais – principalmente aqueles de maior orçamento – contendo uma área reservada para a piscina. Isso inclui também todo o seu sistema hidráulico e elétrico que serve para a realização da sua manutenção.

E uma zona complementar – de borda – com piso, que tem várias funções, como de dar acabamento e proteger a estrutura da entrada de resíduos.

Todos estes detalhes devem ser bem planejados pelo arquiteto no momento da criação da proposta de paisagismo para o quintal. Lembrando que esse setor da casa só permanecerá bonito e próprio para receber as pessoas se o proprietário do imóvel tomar cuidados básicos de manutenção. Veja, a seguir, algumas dicas de como realizar a limpeza e o tratamento de piscinas; assim como exemplos de como decorar as áreas ao seu redor!

Otoni Arquitetura

Como realizar a limpeza da piscina

Há duas questões que devem ser observadas para pensar na limpeza da piscina. A primeira delas faz relação à sua estrutura.

Modelos em fibra são mais fáceis de limpar, mas podem ficar manchados dependendo do tipo e quantidade de produto químico utilizado. Já as em concreto, revestidas de azulejo, são mais difíceis de serem limpas, pois possuem muitos rejuntes. Nesse caso, o esforço será maior para dar conta.

Raquel del Valle

Será preciso que a pessoa compre uma boa escova, preferencialmente em nylon, para a limpeza de todas as bordas e juntas da estrutura. Em alguns pontos específicos poderá ser necessário o uso de um agente químico específico.

A dose do produto aplicado deverá ser na medida recomendada, para não comprometer o tratamento da água da piscina.

Angela Pinho Arquitetura

Se na residência há muitas árvores ou outras espécies que perdem, regularmente, folhas e flores, atenção. Cobrir com lona é uma opção para evitar folhas que caem com o vento e será ótimo sempre ter uma peneira à disposição.

A ideia é retirar todo e qualquer resíduo que possa se diluir e comprometer a pureza da água da piscina – durante esse processo, também podem ser retiradas algas e larvas de mosquitos.

Otoni Arquitetura

Tratamento da água da piscina

Existem muitos métodos para o tratamento da água das piscinas. Alguns são ‘sem química’, ou seja, realizados apenas pela ação natural das plantas e outros organismos vivos, como os peixes.

Outros são feitos ‘com química’ – o que, aliás, é a prática mais comum. Um exemplo é o método de cloração, no qual se utiliza o cloro para a eliminação de fungos e bactérias indesejáveis.

Recomenda-se utilizar 4 gramas de cloro para cada mil litros. O certo é diluir antes o produto em um balde de plástico com água. Depois, despejar esse líquido na piscina aos poucos. Mesmo após a reação da química, será preciso que o dono do imóvel – ou um funcionário contratado – aspire o fundo e inicie a filtração.

Cada um desses processos deverá ser repetido durante o ano todo – e não só no verão!

 

Raquel del Valle

Decorando o setor da piscina

Há quintais com piscinas e piscinas com quintais. Isso quer dizer que, no jardim de uma casa, uma estrutura dessas pode ter mais ou menos destaque de acordo com a proposta do arquiteto. Alguns modelos são simples. Outros, mais ornamentais. Independente disso, todos eles merecem atenção por parte dos paisagistas, jardineiros e decoradores.

Claudia Comparin

Os setores de piscinas costumam ser muito apreciados e usufruídos pelas pessoas, principalmente na época de calor. Por isso, todo o espaço ao redor deve ser bem preparado de modo a proporcionar mais conforto para quem utiliza o espaço. Pra começar, o piso que faz contorno às estruturas deve ser atérmico e antiderrapante.

Certas placas, como a cimentícia, resinada, em cerâmica, madeira ou pedra – tipo granito -, são bons exemplos.

Rubia Brusarosco

Na região em torno da piscina, é possível montar uma área especial  para descanso, contemplação e lazer. Nesse espaço, poltronas reclináveis, um jogo de mesa e cadeiras, um ombrelone, mesas auxiliares e até uma pequena lareira de jardim são bem-vindos.

O sistema de luz também é importante para destacar as linhas de contornos entre canteiros, pisos e água.

Gostou das dicas? Estando, agora, às vésperas do verão, comece a preparar a sua piscina para a fase  mais ensolarada e divertida do ano!

Estas dicas de cuidados e decoração de piscinas foram criadas pela equipe Viva Decora.