Inspire-se com estes incríveis modelos de cozinha com ilha

Por Thais Lopes em 13/08/2019

Cozinha com ilha é uma das maiores e mais recentes tendências em arquitetura de cozinhas. É o sonho de muita gente que quer ter uma casa mais funcional, prática e moderna. 

Geralmente, é um conceito associado ao estilo de moradia americana – que apresenta aposentos mais amplos e melhores integrados, promovendo a interação entre todos que usufruem destes espaços.

cozinha com ilha

Por Jacson Hartmann

Razões de se construir uma cozinha com ilha

Cozinha com ilha é um modelo de cozinha totalmente dedicado à alta gastronomia e a uma forma bem diferenciada de vivência em família. 

Não é só uma solução adotada pelos projetistas para integrar cozinha com outros ambientes, mas garantir um espaço melhor para o preparo de refeições, favorecer a circulação e unir pessoas. Tudo isso só para começar a citar algumas das vantagens deste tipo de cozinha!

Cozinha com ilha

Por Manoela Lustosa

Cozinha com ilha

Por Mariela Uzan

Cozinhas com ilhas são muito elegantes e funcionais; um dos elementos que não pode faltar nelas é, obviamente, o balcão central. 

+ Shell Open Air, maior cinema ao ar livre do mundo, anuncia programação de São Paulo

+ Soluções para instalar painel para TV em espaços pequenos

Com isto, tem-se a sensação de que a decoração local é leve e iluminada, de que não há espaço perdido e que as atividades do cozinheiro podem ser realizadas com mais rapidez. Agora, muitas destas características também aparecem em ‘cozinha com penínsulas’. Então, qual a diferença?

cozinha com ilha

Por Grupo ZIP arquitetos em movimento

Bem, ‘cozinhas com península’ ou ‘cozinhas americanas’ possuem, na verdade, um balcão que dá para dois lados. 

De um lado serve para a uma cozinha, com prateleiras para exposição de utensílios ou armários com portas fechadas. Agora, de outro, como uma mesa extra ou bancada de apoio para a mesa da sala de jantar. Já numa cozinha com ilha não existe este zoneamento, tudo é integrado, cozinha e sala é um ambiente só.

O que é preciso para a montagem de cozinha com ilha

A construção da cozinha com ilha deve ser planejada desde a etapa do partido arquitetônico da residência – do contrário, será difícil adaptar o imóvel posteriormente para tal. 

O projetista deve considerar várias questões importantes para o sucesso desta empreitada. Para começar, o espaço disponível que se terá para a cozinha e como poderá ser dividida cada uma de suas partes – sem se esquecer da área de circulação.

Caso o imóvel já tenha sido concluído e, ainda assim, a pessoa queira ter uma cozinha com ilha, é preciso chamar um especialista para avaliar a situação. 

Se for possível a reforma, deve-se adequar as tubulações elétricas, hidráulicas e de gás para o novo layout. Também prever o que “alimentará” a ilha – sendo que sua localização deverá respeitar a distância mínima para o abrir e fechar de portas.

Cozinha com ilha

Por Iara Kilaris

cozinha com ilha

Por Cristina Lembi

O posicionamento e dimensionamento da ilha

A ilha é um detalhe fundamental das cozinhas contemporâneas. Ela serve para facilitar as atividades de preparação dos alimentos. Pode ser utilizada de várias maneiras, sendo que algumas muitos desconhecem. 

É comum esse móvel servir de balcão para refeições, apoio para utensílio, pia e cooktop – com depurador ou coifa sobre. Além disso, pode também servir de estante, gaveteiro e balcão de resfriamento. Tudo vai depender do projeto!

O balcão ilha – como o próprio nome diz – fica isolado no centro da cozinha. Ele geralmente segue uma altura padrão entre 85 e 90 cm. 

Porém, sua largura e profundidade é algo que só pode ser definido após o arquiteto ditar todas as funcionalidades desta peça. Se for só uma bancada comum de refeições ou bancada para um cooktop de 4 bocas, 60 cm de profundidade serve. Mas, uma medida confortável seria de 1m, 1,50 m ou mais.

cozinha com ilha

Por Iara Kilaris

cozinha com ilha

Por Cíntia Mara Petronetto

A organização dos eletrodomésticos

A regra de disposição para os três equipamentos mais importantes da cozinha é a mesma para uma cozinha com ilha, triangular. 

O fogão pode ficar posicionado no balcão central – lembrando que ele precisará de uma tomada no piso e, talvez, uma saída de gás. Então, na periferia deste ambiente, nas duas outras pontas do vértice do triângulo, pode estar a pia e a geladeira.

Algo que deve ser acrescentado a esta lista de eletrodomésticos é a torre de fornos mais o micro-ondas – o adequado é que a base do equipamento superior fique a 1,50 m do chão. Outra coisa é a coifa. 

O fogão estando no ponto central da cozinha vai “pedir” um modelo diferenciado de coifa que possa ser fixada no teto. Esse aparelho a uma distância de 80 a 65 cm acima dos queimadores já ajudará a conter odores e gorduras saídos das panelas.

cozinha com ilha

Por Ornare

cozinha com ilha

Por Leonardo Muller

A definição dos revestimentos e pontos de iluminação

Todas as bancadas da cozinha, incluindo a ilha, precisam ser extremamente resistentes e de fácil manutenção. 

Para estas áreas é indicado o uso de materiais como inox, granito, mármore e certas pedras sintéticas, como silestone. E outro detalhe a ser considerado nas cozinhas com ilha é a iluminação. É preciso uma combinação de luz direta e pontual – pendentes são ótimos para a área da ilha.

cozinha com ilha

Por Espaço do Traço Arquitetura

cozinha com ilha

Por Iara Kilaris

Ademais, você já deve ter entendido que cozinha com ilha é uma solução moderna e arrojada para o layout de residências contemporâneas. Não é a toa que esteja ganhando tantos adeptos ao redor do mundo. 

Aposte também nesta ideia de ter um balcão multiuso no centro de sua cozinha. Agora, observe as imagens apresentadas e inspire-se para deixar sua cozinha mais bonita e atual!

Essas dicas de como montar uma cozinha com ilha foram criadas pela equipe Viva Decora.