Dicas para escolher a cortina perfeita para sua casa

Por Thais Lopes em 14/09/2020

Como se sabe, a cortina é um elemento de decoração bonito e versátil. Não se tem registro de quando elas surgiram. Mas, por certo, isto aconteceu à medida que as pessoas sentiram a necessidade de mais proteção e privacidade. 

+ Cavaletes: como utilizá-los para criar uma mesa de jantar

+ Estante suspensa: solução para a decoração da sua cozinha

Estas são apenas algumas das funções atribuídas às cortinas. Você descobrirá mais sobre elas neste texto. Sobretudo, entenderá como escolher o modelo ideal de cortina para cada um dos ambientes da sua casa. Confira.

Madi Arquitetura e Design

Algumas das vantagens de se utilizar cortinas em decoração de interiores

Cortinas servem para dar privacidade dos moradores no interior das suas residências, como já dissemos na introdução deste texto. Obviamente, sua função vai além. 

As cortinas também devem proteger os móveis e revestimentos de parede e de piso da incidência solar. Estas ainda podem ajustar a temperatura dos ambientes, assim como abafar sons. Por fim, incrementar decorações.

Imagine assim, a cortina da janela da sua sala de estar pode formar uma espécie de moldura para o mundo exterior. Ela também pode ser um elemento de conexão entre vários pontos da decoração, combinando com tapetes, almofadas, mantas, gravuras de quadros e mais. E seu design pode até mesmo acrescentar mais sofisticação, fazendo jus ao estilo escolhido para o ambiente.

cortina cinza em quarto claro

INÁ Arquitetura

Explorar o visual das cortinas

Já explicamos que cortinas são acessórios ornamentais em interiores. Pois bem, elas podem ser o toque a mais de cor nos ambientes.  Fazer conjunto com outras peças têxteis. Destacar a altura do pé-direito. 

Alongar um ambiente ou realçar um canto especial, servindo de pano de fundo para um cenário. Enfim, as cortinas são capazes de mudar completamente o visual de uma decoração.

cortina colorida em quarto colorido

Gabriel Valdivieso

Cortina para quarto de criança

Andrea Teixeira & Fernanda Negrelli

Que tipo de cortina combina com cada ambiente?

Já percebeu como existem vários modelos diferentes de cortinas à venda? É justamente porque elas servem à vários fins. 

Para quartos infantis, costumam ser indicadas as cortinas comuns, presas em varões, indo à uma altura até a linha interior da janela ou a linha do tampo de uma escrivaninha. Já para quartos de adultos e salas de estar, costumam-se usar as cortinas franzidas até o chão – ficando há uns 2 cm acima do piso.

Cortinas tradicionais também podem ser utilizadas em outros ambientes. Estas podem ser ainda fixadas em trilhos embutidos em forros de gesso. E apresentar barrados laterais, barrados na parte de baixo, bandôs e outros detalhes especiais. As variações são muitas. Inclusive, alguns tipos, preferencialmente com laços ou argolas para prender, podem servir para decorações de cozinhas.

São exemplos de modelos de pregas de cortinas:

  • Pregas americanas, pregas fêmea, pregas macho, pregas inglesas, pregas americanas, pregas paris, pregas flamingo, casa da abelha e reta com ilhós.
Cortina longa para sala

Brunete Fraccaroli

Cortinas persianas também são ótimas alternativas de cortinas para várias situações de projetos.

Atualmente, existem modelos que se adaptam às necessidades de ambientes residenciais. Existem as persianas com frisos na vertical, para salas de jantar; e na horizontal, para lavanderias. 

Já as persianas tipo colmeia podem fazer bonitas composições com outros modelos de cortinas em vários ambientes. Ainda há as ‘double ‘vision’ e ‘rolô’, que casam com decorações de cozinhas quadros e escritórios.

cortina para sala e cozinha

Gislene Lopes e Bernal Projetos

cortina estilo persiana

Arquitetura 8 – Ana Spagnuolo & Marcos Ribeiro

Como escolher uma cortina perfeita?

As cortinas em tecido sempre são as opções de cortinas mais fáceis de serem encontradas nas lojas. As de tecido mais grosso e com várias camadas atendem melhor regiões de clima frio e tempos de inverno. 

Já cortinas de tecido fino ou com rendas funcionam bem para épocas de verão e clima quente. Mas é claro que podemos encontrar cortinas em outros materiais no mercado.

Cortina do teto ao chão

Mariana Luccisano

As cortinas em tecido estão em vantagem, pois são fáceis de montar, instalar e fazer manutenção. Contudo, as persianas em metal são muito fáceis de limpar – aceitáveis em várias situações de projeto. 

Depois, se quiser criar um charme a mais na decoração de casa, pode usar cortinas de palha, cortinas de contas, cortinas de fitas, ou outras. em uma área especial. O que acha? Experimente!

cortina trabalhada

Revista Viva Decora e Daniela Dantas

cortina macrame

Revista Viva Decora

Essas dicas de decoração com cortina foram criadas pela equipe Viva Decora.