Bonsai de 391 anos que sobreviveu à bomba de Hiroshima continua crescendo

Por Patricia Machado em 27/12/2016

Em 1625, a Guerra Anglo-Espanhola revelava um momento de tensão entre Espanha e Inglaterra. No Brasil, os holandeses invadiam nossas terras e chegavam à Bahia. Entre tantos conflitos mundiais, nascia uma vida que perdura até hoje: um bonsai.

+ Dicas para cultivar plantas em apartamentos

+ Dicas para reformar a casa neste fim de ano

A árvore foi presente de Masaru Yamaki ao US National Arboretum, em Washington, nos Estados Unidos. Toda a família – assim como o bonsai — saiu ilesa do ataque nuclear a Hiroshima, em 1945. O ataque à cidade japonesa, na Segunda Guerra Mundial, destruiu Hiroshima e matou quase 140 mil pessoas.

Apesar disso, Masaru nunca revelou a história centenária e incrível da árvore. A origem dela só foi revelada em 2001, quando seus netos visitaram o museu e revelaram todos os acontecimentos.

Kathleen Emerson-Dell, que trabalha no US National Arboretum, afirmou que a árvore é uma forma de celebrar a vida. “Ela está na sua presença e estava na presença de outras pessoas de muito tempo atrás. É como se a história pudesse ser tocada”.

bonsai de 400 anos - imagem 1 - reproducao

bonsai de 400 anos - imagem 2 - reproducao

Pensando em renovar a decoração da sua casa ou criar um jardim? Clique aqui e busque uma loja próxima de você no Apontador.

Fotos: Reprodução