Motoristas de São Paulo podem personalizar a placa do carro; saiba como

Por Patricia Machado em 20/01/2017

Quem gosta de filmes hollywoodianos já reparou que, muitas vezes, os carros utilizados pelos personagens possuem placas personalizadas. Pois bem, desde o ano passado, os motoristas do Estado de São Paulo podem, mediante um custo extra, escolher a placa do seu automóvel também. Mas a medida só vale para quem optar por um carro novo, que ainda não foi emplacado.

+ O que fazer em casos de acidentes na estrada?

+ Oito motivos para você cuidar do estepe do carro

A escolha pela personalização da placa deve ser realizada no momento do registro do veículo. Até então, o motorista deveria escolher uma das vinte combinações de placas aleatórias que eram disponibilizadas pelo Detran-SP. Agora, o motorista pode escolher o serviço de personalização da placa por um custo extra de R$ 97,07.

Depois de solicitar esse serviço, é possível escolher a placa do automóvel de três formas. O motorista pode sugerir apenas as letras, apenas os números ou a placa completa. No entanto, essa escolha deve estar dentro das opções alfanuméricas disponíveis para o Estado de São Paulo, que atualmente vão de BGA 0001 a GKI 9999. Além disso, a sequência, obviamente, não pode ter sido escolhida por outro veículo.

Por fim, o dono do veículo deve arcar com os gatos referentes ao emplacamento do automóvel, que custa R$ 125,53 para carros.

Foto: Getty Images