Denatran determina luzes diurnas de rodagem como obrigatórias para todos os veículos

Por Mariana Castro em 02/06/2017

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) anunciou, recentemente, novas resoluções relacionadas às luzes diurnas de rodagem (DRL, em sua sigla em inglês). A partir de 2021, todos os projetos de veículos deverão conter o equipamento e, a partir de 2023, os modelos 0km vendidos no Brasil também.

+ França inaugura estrada solar capaz de gerar energia para uma cidade

+ Carro apresentado na NYFW muda de cor de acordo com gestos e músicas

Dentre as características e especificações técnicas determinadas pelo órgão, foi estabelecido que as luzes devem ligar automaticamente ao ser dada a partida no carro. O DRL, que geralmente utiliza lâmpadas de LED, é aceito desde o ano passado como farol baixo nas estradas durante o dia, mas não no período noturno ou em outras situações, como em túneis, por exemplo.

Outra mudança estabelecida pelo órgão foi de que, a partir de 2021, o indicador de direção lateral também será obrigatório em novos projetos e em todos os modelos 0km vendidos a partir de 2023. O equipamento consiste em setas colocadas nos espelhos laterais ou mesmo na lateral da lataria. Isso ajuda na comunicação entre os veículos, indicando mais claramente a intenção de virar ou mudar de faixa.

+ Como fazer a revisão do carro para as férias

Por fim, o órgão também determinou que é proibida qualquer alteração nos dispositivos de luz externa dos veículos. Isso inclui adesivos, pinturas, películas e troca de lâmpadas que não sejam iguais às originais.

Fotos: Getty Images