Cai número de motoristas que dirigem embriagados em São Paulo

Por Patricia Machado em 16/12/2016

Desde o começo de novembro, o Código de Trânsito Brasileiro foi modificado. Dentre as novas regras, ficou estabelecido que os motoristas são obrigados a fazer o teste do bafômetro. Além disso, caso estejam dirigindo embriagados, eles precisam pagar uma multa de R$ 2.934,70, recebem sete pontos na carteira de habilitação e ficam sujeitos a perder o direito de dirigir por até 12 meses.

+ Álcool ou gasolina? Qual é o melhor?

+ Como tirar a primeira carteira de motorista

A dura medida parece ter surtido efeito entre os condutores da cidade de São Paulo. Um relatório divulgado pelo Detran revelou que, em novembro, o número de número de motoristas flagrados em blitzs da lei seca diminuiu. Apenas 14,7% das pessoas foram autuadas.

No mesmo período do ano passado, o índice de motoristas multados foi de 41,5%. Isso significa que, antes da lei entrar em vigor, quase metade das pessoas que eram paradas em blitzs estava dirigindo embriagada.

Foto: Getty Images