Pesquisa adverte: “Stalkear” o ex no Facebook pode prejudicar a sua saúde mental

Por em 16/06/2016

Se nenhuma amiga te deu esse toque até agora, aqui está a ciência para jogar a verdade na sua cara: “Stalkear” o ex no Facebook pode prejudicar a sua saúde mental.

Atire a primeira pedra quem nunca stalkeou (ou investigou, como preferir) a vida do ex no Facebook. Uma olhadinha na timeline, uma passada pelas fotos recentes, as últimas amizades que ele fez… E isso serve para todos os seres humanos do planeta, homens e mulheres.

+ Conheça os principais motivos para o fim de um relacionamento, de acordo com a ciência

+ Sexo deixa o relacionamento mais feliz – ainda que você não admita

Um estudo publicado no jornal Cyberpsychology, Behavior, and Social Networking concluiu que continuar amigo do ex no Facebook, inclusive se recusar a deixar de seguí-lo antes dele tomar essa decisão, e investigar a sua vida nas redes sociais, pode causar sentimentos ruins, de aflição, além de arrependimento e anseio sexual. Você ainda pode desenvolver ansiedade e ciúme.

De acordo com Tara Marshall, coordenadora do estudo, o importante é identificar porquê você quer se manter amigo do ex nas redes sociais. Segundo Tara, existem dois motivos para isso: você ainda tem sentimentos por ele e não consegue superar o fim ou você simplesmente não está nem aí e esqueceu mesmo de excluí-lo da sua lista de amigos.

A recomendação da especialista é clara: “Quanto menos você se expôr, mais espaço terá para seguir em frente”. #fikdik, miga!

Fonte: Refinery 29