Etiqueta sexual: existem regras para a primeira vez com o novo parceiro?

Por Patricia Machado em 08/07/2016

A noite de estreia com o novo namorado ou parceiro costuma ser marcada por muita ansiedade e expectativa. Afinal, na primeira relação sexual com o amado, o casal costuma estar louco de desejo, mas as chances das coisas não acontecerem conforme o idealizado são grandes.

+ Estudo revela quantas vezes o brasileiro faz sexo por semana

+ Coque no cabelo pode ser a razão da solterice de muitos homens

“As chances da primeira transa não dar certo são grandes. O principal problema é a expectativa que você cria sobre aquele momento. Essa expectativa pode estar relacionada com as suas experiências anteriores, com o que você já leu a respeito ou até com o que as suas amigas já lhe contaram sobre o tema”, explica Carla Cecarello, sexóloga porta-voz do C-date, site de encontros e relacionamentos.

E é essa expectativa que leva à frustração, uma vez que existe outra parte envolvida no encontro e ela também terá os seus anseios e expectativas. Por isso, nem tudo deve sair complemente igual ao que foi planejado ou imaginado.

Etiqueta sexual

Para você ter maiores chances de fazer com que o relacionamento engate após a primeira noite de amor, é preciso tomar alguns cuidados durante a primeira relação sexual. O primeiro passo é investir nas preliminares.

“Não deixe o homem ir direto ao ponto. A mulher deve começar a relação com as preliminares. Uma dica é explorar o corpo do parceiro. Isso fará com que você perceba onde e como ele gosta de ser tocado e beijado. As preliminares também ajudam a mulher a se sentir mais excitada e preparada para o sexo”, orienta a sexóloga.

Na hora ”H”, evite fazer sexo oral ou anal. “O homem se assusta com mulheres que aceitam fazer esse tipo de sexo na primeira vez. O strip-tease também está fora de questão. Caso contrário, o homem terá a impressão que você é muito confiante e segura se si e isso irá assustá-lo ou até afugentá-lo”, diz Carla.

Outra coisa que jamais deve ser feita durante o primeiro encontro sexual é especular sobre os relacionamentos anteriores do parceiro. “Uma tática infalível para conquistar o amado durante o sexo é se mostrar alegre e divertida. A mulher precisa ser participativa na cama e evitar joguinhos”, afirma a sexóloga.

Também é permitido na etiqueta sexual abusar de beijos, massagens, lambidas e mordidinhas. “Muita gente me pergunta se pode transar mais de uma vez na mesma noite. É claro que pode. Isso vai mostrar para o parceiro que você gostou”, explica Carla.

Além disso, caso o parceiro resolva fazer um pedido inusitado, o jeito é recorrer à sinceridade e explicar com clareza que você não tem vontade de fazer o que ele está pedindo.

E se ele brochar?

Um dos principais motivos que faz com que um rapaz broche na hora do sexo é a ansiedade. Por isso, a mulher não deve se sentir culpada ou menos atraente. “Quando isso acontece, não é o momento para ficar especulando o motivo. A mulher deve deixar o parceiro tranquilo e deve fazer o possível para entretê-lo com outros assuntos”, conta Carla.

Após cerca de 30 minutos, o casal já pode tentar transar novamente. Para entrar no clima, a mulher pode colocar filmes eróticos e fazer massagens mais picantes.

O que fazer após o sexo?

Após a relação sexual, alguns homens gostam de dormir, curtir o momento em silêncio ou até irem tomar banho com a parceira. Para não errar, a dica é esperar alguma atitude do amado. A partir dela, demonstre o que você gostaria de fazer.

“O que a mulher jamais deve fazer é cobrar se haverá outro encontro. Isso demonstra insegurança e instabilidade emocional”, explica a sexóloga.

Foto: Thinkstock