Estudantes criam site pornô que promove orgasmo solidário

Por Mariana Castro em 29/06/2016

A masturbação é uma prática natural, saudável e divertida, quando aproveitada de forma positiva para sua vida sexual. Após o momento de prazer, é comum ter a sensação de bem-estar e não há por que se envergonhar disso – ainda que muitas vezes a sociedade diga o contrário.

+ Oito curiosidades sobre a masturbação que todo mundo deveria saber

+ Estudo revela quantas vezes o brasileiro faz sexo por semana

Para acabar de vez com a sensação a culpa que aterroriza muitas pessoas após se masturbarem, estudantes Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, criaram um site para promover um orgasmo solidário.

O site IJustCame.org quer ajudar as pessoas a sentirem que aqueles minutos de prazer são, também, úteis para a humanidade. Por isso, toda vez que um vídeo do site for assistido, um centavo de dólar será doado para uma instituição de caridade. Cada usuário poderá gerar no máximo duas doações por dia, com um período de 15 minutos entre um orgasmo solidário e outro.

As organizações ajudadas pelo site são Movember Foundation, Ovarian Cancer Research Fund e Joyful Heart Foundation. Elas visam, respectivamente, promover conhecimento sobre o câncer de próstata, pesquisas sobre o câncer de ovário e acolher mulheres que tenham sido assediadas sexualmente ou sofrido violência doméstica e crianças que tenham sido abusadas.

A expectativa dos criadores é conseguir reverter uma boa renda para as organizações. Em uma versão privada e anônima lançada anteriormente foram arrecadados 1.000 dólares em um curto período de tempo.

Por mais que a proposta do site seja polêmica, os criadores disseram ao Huffington Post que, através da inciativa, querem passar a mensagem de que não é preciso se sentir mal ao se masturbar. Eles também desejam lutar contra problemas como o abuso sexual e o revenge porn, que são diversas vezes associados à indústria pornográfica.

Foto: Thinkstock